Artista reencontra ambientes que criou para os 40 anos do Parque do Ingá

Artista reencontra ambientes que criou para os 40 anos do Parque do Ingá

A artista plástica Rosa dos Anjos chegou a Maringá nesta segunda-feira e logo foi ao Parque do Ingá, um dos lugares onde há um acervo de ambientes, esculturas e pinturas que ela criou especialmente para o dia das comemorações dos 40 anos do parque, 16 de outubro de 2011.

Antes desta visita, fotos de Suely Sanches, publicadas na internet, especialmente no Facebook, chamaram a atenção para o que aconteceu com bancos no Parque do Ingá. Eles foram pintados, em 2011 pela artista plástica Rosa dos Anjos.

A foto acima mostra um dos bancos pintados. Eram 13 bancos, com diversos desenhos. As fotos da Suely não tinham nenhuma motivação crítica, mas mostraram os bancos antes, e como eles estão agora:

Rosa dos Anjos foi recebida pelo secretário de Meio Ambiente, Ederlei Alkamim, a quem apresentou um plano para recuperação das pinturas e das demais peças artísticas que ela criou e que estão no parque. Ao todo são 55 peças, animais, objetos, ambientes diversos.

A foto acima mostra um desses espaços. Eles precisam de manutenção.

A artista plástica brasileira sediada no Amazonas, Rosa dos Anjos, é a autora destes trabalhos artísticos que estão no Parque do Inga, criados há 6 anos que necessitam ser revitalizadas. O acervo compreende desde a estatua em bronze do prefeito Adriano Valente, que criou o Parque do Ingá, como a gruta da Santinha, os animais em tamanho natural (identificados em braile, para que os cegos tambem possam identificá-los), os bancos pintados com coruja, insetos e borboletas, que ja não existem mais.

Rosa chegou ontem a Maringá e foi convidada para proferir uma palestra aos alunos e professores do curso de Artes Visuais, nesta terça-feira, às 14 horas, na UEM, no Auditório do Bloco I12.

O tema será : “A arte e sua valorização como patrimônio histórico e cultural  – direitos  autorais do artista, Lei Federal 9610/98”.

Creio que o título da palestra diz tudo: “A arte e sua valorização como patrimônio histórico e cultural  – direitos  autorais do artista, Lei Federal 9610/98”.

Fonte – Blog Diniz Neto de 13 de março de 2018

Isto quer dizer o seguinte, não vandalizem obras artísticas, pô!

Deixe uma resposta