Corbélia – BR-369 será fechada parcialmente por quatro dias

Atenção usuário, programe a viagem. É que nos dias 21, 22, 23 e 24 de maio a concessionária de rodovias Viapar fará a instalação de 18 vigas pré-moldadas de concreto na BR-369 Sul, no trecho urbano de Corbélia.

Para a execução deste serviço haverá a necessidade de interrupção parcial da pista marginal esquerda – aproximadamente 15 minutos para o transporte de cada viga.

Os trabalhos vão ter início às 7 horas se estendendo até às 18 horas.

Fonte – Assessoria de comunicação da VIAPAR de 18 de maio de 2018

Trânsito será alterado na BR 376 – Paranavaí

A VIAPAR informa

O trânsito na BR 376  – entre os quilômetros 107,5 e  111, 5  –  será  desviado para a marginal recém construída, do lado direito no perímetro urbano de Paranavaí.

O desvio se deve às obras de duplicação da rodovia (incluindo a construção de três viadutos) e deve assim permanecer num prazo estimado de seis meses.

Fonte – Assessoria de comunicação da VIAPAR de 02 de maio de 2018

Alto Paraná – BR-376 sofrerá intervenções na terça (10) e quarta-feira (11)

Obras – Vigas de sustentação vão ser instaladas na entrada principal de Alto Paraná, altura do KM 122

A concessionária de rodovias Viapar faz um alerta. Os usuários que forem utilizar a BR-376, sentido Paranavaí – Maringá, nos próximos dois dias, devem programar a viagem. É que o fluxo de veículos será interrompido momentaneamente várias vezes ao dia [com paradas de até 15 minutos] para a instalação das vigas de sustentação de um viaduto que está sendo construído na entrada principal de Alto Paraná, no KM 122.

De acordo com o gerente de Obras da empresa, Egilson Mota Leal, vão ser instaladas nove vigas, cada uma pesando 80 toneladas. “Para a realização deste serviço vão ser utilizados quatro guindastes sendo um de 180 toneladas e três com capacidade de 100 toneladas cada. Será um operação complicada, que demanda tempo para a manobra destes guinchos. Por este motivo pedimos a compreensão dos usuários e orientamos que saiam de casa um pouquinho mais cedo”, completou. “A instalação será realizada entre as 8 e 17 horas”.

Fonte – Assessoria de comunicação da VIAPAR de 09 de abril de 2018

Lançamento do Viapar Cultural reúne produtores da região

Edital  lançado hoje em Maringá contempla doze segmentos artísticos

O lançamento do 5ª Viapar Cultural, edital promovido pela concessionária de rodovias em parceria com o Instituto Cultural Ingá (ICI), reuniu mais de 50 produtores do Paraná. O evento foi realizado na manhã desta quinta-feira (29), na sede Associação Comercial de Maringá (ACIM).

Um dos participantes foi o músico de Campo Mourão, Ruan Rodrigues, que elogiou a iniciativa. “O Viapar Cultural dá oportunidade para que artistas menos conhecidos coloquem em pratica seus projetos e recebam valores justos por isso. A concessionária está de parabéns, um exemplo a ser seguido por outras empresas da região”, comentou o artista.

Quem também prestigiou da solenidade foi a dançarina, Ana Clara Poltronieri Borges. “Maringá precisa muito desse incentivo cultural, pois ficamos à mercê da prefeitura e os editais públicos demoram muito pra sair. Isso tudo sem contar que é uma oportunidade de desenvolver projetos em âmbito estadual”, completou. “Acho que só a arte consegue mudar alguns padrões e pensamentos da sociedade, por isso a importância deste apoio”.

Orçamento

Ao todo, o edital vai destinar R$ 200 mil em recursos para doze segmentos – artes visuais, audiovisual, circo, dança, livro, leitura e Literatura, música; ópera, patrimônio cultural material e/ou imaterial e teatro. Três projetos vão ser contemplados. O mais bem votado com R$ 100 mil; o 2º lugar – R$ 60 mil e o 3º lugar – R$ 40 mil. Segundo o diretor executivo do ICI, Miguel Fernando, nesta edição não há mais a obrigatoriedade de os projetos inscritos estarem vinculados à Lei Rouanet. “Porém, os produtores independentes precisam ter empresa”, explicou, uma vez que será obrigatório a emissão de nota fiscal. “A expectativa é que os projetos aprovados comecem a ser executados a partir de agosto”.

Outra obrigatoriedade é que os proponentes residam ou tenham as empresas instaladas na área de interesse – há pelos menos dois anos – e que apliquem os projetos nas cidades de Alto Paraná, Apucarana, Arapongas, Aricanduva, Cambé, Cambira, Campo Mourão, Cascavel, Castelo Branco, Corbélia, Engenheiro Beltrão, Floresta, Floriano, Iguatemi, Jandaia do Sul, Juranda, Mamborê, Mandaguaçu, Mandaguari, Marialva, Maringá, Nova Esperança, Nova Londrina, Paranavaí, Peabiru, Rolândia, Sarandi e Ubiratã.

Incentivo

O Viapar Cultural chega nesta edição com 25 projetos já executados, os quais beneficiaram mais de 5 mil pessoas ao longo dos últimos anos. Um investimento de quase R$ 1 milhão. “Desde de 2016 a Viapar não se beneficia da renúncia fiscal, mesmo assim a concessionária manteve o compromisso com toda a sociedade bancando este projeto de forma integral”, finalizou o assessor de comunicação da concessionária, Marcelo Bulgarelli.

Serviço

As inscrições estão abertas até 27 de abril. Elas podem ser feitas pelo site www.institutoculturalinga.com.br/viapar/

Fonte – Assessoria de comunicação da VIAPAR de 29 de março de 2018

Páscoa – Final de semana deve ser o mais movimentado do ano nas rodovias

O fluxo de veículos já deve ser maior na partir das 17 horas de quinta-feira (29)

É esperado para este final de semana prolongado de Páscoa o maior movimento no ano nas rodovias administradas pela concessionária Viapar nas regiões Norte, Noroeste e Oeste do Paraná. Em comparação com dias normais o aumento deve ser de 20%, conforme estimativa do supervisor do Centro de Controle e Operações (CCO) da empresa, Ronaldo Parpinelli. A orientação é programar a viagem e escapar de possíveis congestionamentos.

O fluxo de veículos já deve ser maior na partir das 17 horas de quinta-feira (29), sendo grande também na manhã de sexta (30) e no domingo (1), a partir das 14 horas. “Diferente de outros feriados, não existe previsão da movimentação ser maior em apenas um ou dois trechos. Ele deverá ocorrer de forma genérica em todas as rodovias”, explicou Parpinelli, lembrando que, “aproximadamente 40 colaboradores vão estar, diariamente, à disposição dos usuários para a realização dos atendimentos nas rodovias”.

Além disso, um operador estará responsável por “vigiar” as 34 câmeras de segurança, as quais monitoram quase 40% das estradas sob concessão da Viapar. E estas mesmas imagens são disponibilizadas em tempo real aos usuários no site da empresa, onde eles podem verificar o fluxo e o clima e, desta maneira programar a viagem. E tem mais. “Existem vários trechos em obras, por conta disso é importante que os motoristas dobrem a atenção e respeitem a sinalização para que acidentes sejam evitados”, orientou supervisor do CCO.

E para quem já está na estrada a concessionária disponibiliza o telefone 0800, sem contar com as unidades do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) locais com área para descanso climatizada, água gelada, banheiros, fraldário, internet e uma atendente para esclarecer quaisquer dúvidas. Outra recomendação da empresa é que os usuários revisem os veículos antes de sair em viagem. Ninguém gosta de ficar esperando guincho às margens de uma rodovia não é mesmo?

Serviço

Para solicitar atendimento ligue para o 0800 601 6001. Já para acessar o site da concessionária digite www.viapar.com.br. Preservar a vida é sempre o melhor caminho.

Fonte – Assessoria de comunicação da VIAPAR de 28 de março de 2018

Viapar Cultural será lançado amanhã

Novidade: para esta edição não há mais a obrigatoriedade de os projetos inscritos estarem vinculados à Lei Rouanet

Será lançado nesta quinta-feira (29), às 8 horas da manhã, na Associação Comercial de Maringá (ACIM) – Auditório Ângelo Planas – o 5ª Viapar Cultural, edital promovido pela concessionária de rodovias em parceria com o Instituto Cultural Ingá. Ao todo vão ser destinados R$ 200 mil em recursos para doze segmentos – artes visuais, audiovisual, circo, dança, livro, leitura e Literatura, música; ópera, patrimônio cultural material e/ou imaterial e teatro. E nesta edição uma novidade: não há mais a obrigatoriedade de os projetos inscritos estarem vinculados à Lei Rouanet.

Segundo o diretor executivo do Instituto Cultural Ingá (ICI), Miguel Fernando, “é uma forma de dinamizar o acesso aos recursos disponíveis”. Três projetos vão ser contemplados. O mais bem votado com R$ 100 mil; o 2º lugar com R$ 60 mil e o 3º lugar com R$ 40 mil. Uma das obrigatoriedades é que os proponentes residam ou tenham as empresas instaladas na área de interesse – há pelos menos dois anos – e que apliquem os projetos nas cidades de Alto Paraná, Apucarana, Arapongas, Aricanduva, Cambé, Cambira, Campo Mourão, Cascavel, Castelo Branco, Corbélia, Engenheiro Beltrão, Floresta, Floriano, Iguatemi, Jandaia do Sul, Juranda, Mamborê, Mandaguaçu, Mandaguari, Marialva, Maringá, Nova Esperança, Nova Londrina, Paranavaí, Peabiru, Rolândia, Sarandi e Ubiratã.

A escolha será feita por uma comissão técnica composta por especialistas nas diferentes áreas da cultura, sendo levado em consideração a temática, inovação, diferencial, equipe, abrangência dentre diversos outros itens. Lembrando que os recursos deste edital são bancados 100% pela VIAPAR. “A continuidade deste projeto mostra o compromisso da empresa junto à comunidade, independente de existir ou não leis de incentivo fiscal”, destacou o assessor de comunicação da concessionária, Marcelo Bulgarelli. “É também uma forma de democratizar o acesso aos recursos”.

Serviço

As inscrições estão abertas até 27 de abril. Elas podem ser feitas pelo site www.institutoculturalinga.com.br/viapar/.

Fonte – Assessoria de comunicação da VIAPAR de 28 de março de 2018

BR-376 sentido Porto Rico deve ser a mais movimentada

Na volta do feriadão as rodovias que ligam as regiões Norte e Noroeste com o litoral também devem receber muitos veículos

Estradas 15% mais movimentadas a partir da tarde desta sexta-feira (9). Pelo menos esta é a estimativa da concessionária de rodovias Viapar para o feriado prolongado de Carnaval, festejado até o meio dia de quarta-feira (14). A previsão da empresa, conforme dados estatísticos, é que a BR-376 sentido Porto Rico, cidade localizada às margens do Rio Paraná, seja a mais movimentada.

Além deste segmento que liga de Maringá ao extremo Noroeste paranaense, na terça-feira (13), após o almoço, na volta, as rodovias da região de acesso ao litoral também devem receber um número expressivo de veículos. É que simbolicamente chega ao fim o período de férias. “Como a empresa está realizando obras em diversos trechos é aconselhável que os motoristas redobrem a atenção, respeitem a sinalização e reduzam a velocidade”, orientou o supervisor do Centro de Controle e Operações (CCO) da Viapar, Ronaldo Parpinelli.

Tão importante quanto é não consumir bebidas alcoólicas antes de dirigir, usar o cinto de segurança, transportar as crianças nos dispositivos recomendados e fazer a revisão do veículo antes de pegar a estrada. Com o objetivo de atender os clientes da melhor forma possível a Viapar também estará com as equipes de prontidão durante as 24 horas – com ambulâncias, guinchos, caminhões boiadeiros, caminhões pipa, além das inspeções de trafego, que percorrem os trechos da empresa durante o dia e noite.

Em paralelo a concessionária dispõe de sete unidades do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), locais com espaço para descanso climatizado, internet, água geladinha, fraldário e banheiros masculino e feminino. No site da Viapar ainda é possível programar a viagem, avaliando o clima e o fluxo de veículos por meio de 10 câmeras de segurança.

Serviço

Para acessá-las basta clicar em www.viapar.com.br. Já as equipes de resgate podem ser acionadas pelo telefone 0800 601 6001.

Fonte – Assessoria de comunicação da VIAPAR de 06 de fevereiro de 2018

BR-376: motoristas devem redobrar os cuidados

O concessionária de rodovias VIAPAR orienta os motoristas que vão utilizar a BR-376, entre Maringá e Paranavaí, para reduzir a velocidade, redobrar a atenção e os cuidados, principalmente durante a chuva. “Devido à instabilidade climática existe a possibilidade de água e lama invadirem a pista de rolamento, uma vez que este segmento está em obras”, explicou o gerente de Obras da empresa, Egilson Mota Leal.

O índice pluviométrico registrado na região, neste mês, foi de 334 milímetros, volume 57% maior que a média histórica para janeiro – que é de 212 milímetros. E ao que tudo indica o clima deve permanecer como está, pelo menos até a terça-feira (23). A previsão do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) é de pancadas de chuva com raios a partir da tarde.

Fonte – Assessoria de comunicação da VIAPAR de 19 de janeiro de 2017

Presidentes do Sinduscon visitam obra da ponte do Rio Ivaí

Os presidentes e diretores do Sindicato da Construção Civil do Paraná das regiões Norte e Noroeste fizeram uma visita técnica nas obras de duplicação da PR 317, no município de Floresta, no noroeste do Estado, que está sendo realizada pela Viapar.

A construção da pista e da ponte sobre o Rio Ivaí, – no sentido Maringá-Campo Mourão – segue em ritmo acelerado. A ponte terá 280 metros de extensão e cerca de 33 metros de altura, equivalente a um prédio de 11 andares.

A tecnologia usada na construção pela concessionária de rodovias na construção da ponte é que chamou a atenção dos presidentes do Sinduscon, com sedes em Londrina e Maringá. O projeto segue o modelo de ‘balanço sucessivo’ que não utiliza escoramento dentro do rio. A travessia está sendo construída de forma simultânea a partir dos dois pilares principais de sustentação.

O presidente do Sinduscon Noroeste, Marcos Mauro Pena disse que o objetivo da visita foi propiciar aos nossos associados e diretores um conhecimento técnico de uma obra única no Paraná. “Essa é uma obra de ponta, que não encontramos em qualquer lugar. Isso mostra a competência da engenharia da nossa região. Essa estrutura vai oferecer uma comodidade para a população que usa essa rodovia como ligação entre o Noroeste e o Oeste do estado”, ressaltou.

O presidente do Sinduscon Norte, Rodrigo Zacaria, também ficou impressionado com a obra. Ele afirmou que é um orgulho ver uma obra com tanta tecnologia sendo feita no Paraná. “Tecnicamente é fantástica, porque preserva um vão livre no rio Ivaí para permitir que seja navegável. Você vê a evolução da engenharia, porque antigamente a gente tinha pontes com vários trechos e juntas de dilatação. Esta não, terá apenas duas juntas de dilatação nas pontas”, comentou.

Segundo o gerente de obras da Viapar, Antonio Clarete Valente, esta foi uma visita extremamente importante porque são representantes do setor de engenharia civil conhecendo uma técnica de construção que não é tão usual.

O investimento total da Viapar na duplicação desse trecho é de 60 milhões de reais. Metade desse valor está sendo consumida para erguer a nova estrutura sobre o rio, que deve estar concluída até março deste ano. A previsão é de que o tráfego seja liberado até o fim do primeiro semestre.

Fonte – Assessoria de comunicação da VIAPAR de 24 de janeiro de 2017

Acidentes diminuem nos trechos da VIAPAR

O balanço estatístico também revelou redução de 17,35% nos óbitos

Nas rodovias administradas pela concessionária Viapar nas regiões Norte, Noroeste e Oeste do Paraná os acidentes reduziram 7,78% em 2017 – em comparação com 2016. O balanço anual de acidentes também revelou que houve 17,35% menos mortes. A melhora dos índices é reflexo das melhorias realizadas pela empresa nos trechos gerenciados como duplicações, manutenção das pistas e reforço na sinalização.

Isso tudo sem contar as campanhas publicitárias de conscientização divulgadas pela empresa e os diversos atendimentos oferecidos – média de 1 a cada 22 minutos. Dentre eles: socorro médico, mecânico, incêndio, veículos atolados e apreensão de animais às margens das rodovias.

“Os chamados chegam por meio do telefone 0800, das inspeções de tráfego [que rodam durante as 24 horas], sem contar as câmeras de segurança, as quais monitoram mais de 30% das rodovias. Nossas equipes estão sempre de olho”, explicou o supervisor do Centro de Controle e Operações (CCO) da concessionária, Ronaldo Parpinelli.

Em paralelo, os usuários têm à disposição, durante as 24 horas, sete unidades do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), locais onde tanto os motoristas como passageiros encontram sala de descanso climatizada, banheiros, água gelada, fraldário e internet. E falando nisso, a viagem pode ser programada pelo site da Viapar. Nele é possível ver a condição de clima e fluxo nas imagens das câmeras instaladas em pontos estratégicos.

Serviço – Para acessar o site da concessionária digite www.viapar.com.br. Já para solicitar socorro basta ligar para o 0800 601 6001.

 

Fonte – Assessoria de comunicação da VIAPAR de 17 de janeiro de 2017