skip to Main Content

Projeto Mata Ciliar FUNVERDE – 10 de junho de 2006 – sábado

Depois que a VIAPAR – concessionária de pedágio – terminou ontem de roçar e o tratorista da prefeitura disse que o trator conseguirir perfurar o solo por causa do capim que se enrolaria na broca, pensamos em realizar uma queimada controlada. Infelizmente o vento estava na direção contrária do que queríamos, então somente fizemos pilhas de capim para posterior queimada.

O grande problema são os espinhos. Mesmo com luvas de couro o pessoal não escapou deles.

 

Córrego Mandacaru passando embaixo da Rua Palmital.

Os cavalos pastando na beira do córrego. Mais para frente tem umas vinte vacas. Ainda mais para frente tem porcos e seus dejetos que caem diretamente no córrego.

O Córrego está sendo assoreado por falta de mata ciliar.

Depois de terminado o trabalho do dia, fomos dar uma volta no plantio do Córrego Diamante e vimos fumaça.

Claro que algum piromaníaco tacou fogo, para variar.

Os bombeiros chegaram muito rapidamente, não demorando mais que 5 minutos entre a ligação e a chegada. Enquanto isso, o Cláudio tentava apagar o fogo como podia, com galhos e até com o pé e acabou ganhando algumas queimaduras.

Enquanto apagavam a parte de cima, uma nova frente de fogo terminava de queimar a parte de baixo.

 

Como o caminhão com as mangueiras não conseguiria entrar no terreno, tiveram foi mais difícil apagar este foco de incêndio.

Depois de mais de duas horas e meia, o fogo foi apagado, mas antes, destruiu uma grande parte das árvores.

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top