skip to Main Content

Lançamento do projeto sacolas oxi-biodegradáveis – 14 de setembro de 2006 – quinta-feira

Café da manhã oxibiodegradável.

Em setembro de 2005 iniciamos o projeto que buscava substituir as sacolas plásticas de mercado, que em Maringá são usadas pelas donas de casa como sacos de lixo, por sacolas biodegradáveis, que ao invés de demorarem até 500 anos para se decomporem na natureza como as sacolas normais, demoram de 6 a 18 meses para se degradarem.

Na ocasião procuramos o prefeito de Maringá, Silvio Barros II, ACIM – Associação Comercial de Maringá e seu diretor, Ariovaldo Costa Paulo, Ministério Público do Estado do Paraná, Doutor Saint Clair Honorato, Ministério Público de Maringá, Doutor Manoel Ilecir Heckert, Secretaria de Meio Ambiente de Maringá, José Croce Filho, SANEPAR, Lorenso Cassaro, COCAMAR, Osvaldo Danhoni, ALCOOPAR, Paulo Meneguetti, Viapar, IAP, Paulino Mexia e APRAS – associação dos supermercadistas.

Após diversas reuniões com os vários setores envolvidos no projeto e os supermercadistas de Maringá, que usam mensalmente 6.000.000 – isto mesmo, seis milhões de sacolas por mês – fizemos em março de 2006 uma palestra com rodada de negócios, em que compareceram vários vendedores de sacolas do Brasil e oitenta por cento dos supermercadistas de Maringá.

Não funcionou … Esbarramos nos preços que encareciam por causa do transporte.

Hoje, realizamos um café da manhã empresarial em que compareceram muitos empresários de Maringá e setores governamentais para o lançamento da primeira fábrica do Paraná de plástico oxibiodegradável em Maringá, YOP TECPACK.

A importância disto é que estamos estamos comprando no mercado da esquina, ao invés de comprar no WALMART, fazendo a economia local de desenvolver.

Um protocolo de intenções foi assinado entre a prefeitura de Maringá, IAP, ACIM, APRAS – Associação Paranaense de Supermercados, e FUNVERDE, visando estimular o uso de sacolas oxibiodegradáveis pelas empresas de Maringá.

O próximo passo é aprovar a lei de isenção de produtos ecologicamente corretos – environmental friendly – já que o governo do Paraná em 2005 isentou 28 produtos de ICMS. Com a isenção, o plástico oxibiodegradável deve se equiparar ao preço atualmente praticado com os plásticos comuns, possibilitando assim a transição total do plastico para o oxibiodegradável.

Durante o café da manhã, o Walace, da VIAPAR, nos informou que a placa de apoio já foi colocada e após o evento fomos ver a placa que a VIAPAR colocou no local do plantio.

A VIAPAR é parceira da FUNVERDE no PROJETO MATA CILIAR FUNVERDE, que vem revegetando os rios da cidade.

A VIAPAR faz a roçada de manutenção nos locais de revegetação até a floresta fechar e não haver mais concorrência com o mato.

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top