skip to Main Content

Projeto Mata Ciliar FUNVERDE – 18 de agosto de 2007 – sábado

Hoje, como não chove há um mês na cidade – apesar de estar chovendo nos estados acima e nos estados abaixo do Paraná – tivemos que aguar as árvores porque elas estão sofrendo com a terra esturricada.

Como vamos realizar o evento na quinta-feira, dia 23 de agosto, do café da manhã empresarial do primeiro software carbono zero do Brasil, trouxemos 15 maravilhosas árvores para a diretoria da PRODUTEC, desenvolvedora do software PRODUTIVO – ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO plantar.

A PRODUTEC neutralizou as emissões de carbono geradas durante o processo de produção do software com a doação de 100 árvores nativas para a FUNVERDE usar na recuperação das matas ciliares da cidade, tendo o direito de receber o o certificado de software amigo do planeta por estar contribuindo com a diminuição do aquecimento global cpm a captura de carbono das árvores plantadas e a proteção da água com a recomposição da mata ciliar dos rios do Paraná.

Não costumamos plantar só 10 árvores, mas como queríamos fotos para o eventos só plantamos estas para dar tempo de aguarmos as cerca de 1000 árvores plantadas no local.

Hoje utilizamos a cavadeira que o Braido doou na semana passada para fazer os buracos à mão – estamos tão acostumados com o trator fazendo os buracos – e a machadinha também doada por ele para fazer ponteira na estaca de bambu.

A PRODUTEC, já combinou conosco de trazer os funcionários da empresa para plantarem mais árvores conosco em setembro.

Como hoje é o último dia que aceitamos estagiários neste semestre, foram distribuidas as camistas do projeto mata ciliar para os estagiários do semestre passado e os novos.

Também demos instruções sobre o estágio no mata ciliar, frisando que mesmo os estagiários dos outros projetos PRECISAM participar do projeto mata ciliar.

A diretoria da PRODUTEC já com as árvores, recebendo instruções básicas de plantio.

É de criança que se aprende a amar a natureza.

As árvores vieram etiquetadas com nome da espécie

Doaram e fizeram o plantio.

Esse é o Artur, da PRODUTEC, plantando.

Agora, a Tais.

Não sei não se alguém vai querer neutralizar conosco, porque sempre convidaremos a diretoria e os funcionários da empresa certificada para plantarem conosco.

Mas pela cara deles, eles não parecem infelizes.

Obrigada pessoal da PRODUTEC pelas árvores e por plantarem estas árvores.

Agora a ligação da motobomba para aguar as árvores plantadas hoje e as antigas.

Joga a corda, desce pela corda com as mangueiras e a motobomba.

Depois da motobomba ligada, para cima, com a ajuda da corda, é lógico.

Aguando.

Nossa contadora de ferramentas Rosangela – são dois, ela e o com o Elias que todos os dias, após o término das atividades contam o estoque de ferramentas, baldes, luvas para que nada se perca – e a Nair – sombra e água fresca depois de muito trabalho.

O mapa que necessitávamos desde fevereiro, para sabermos quais são os terrenos da prefeitura nos rios da cidade e assim podermos plantar a mata ciliar.

Este mapa já deu até briga, porque pedimos para o responsável no início do ano e até ontem nada, fomos conseguir com a Maria Isabel, que não tem nada a ver com o assunto mas é uma pessoa consciente e sabe da importância do nosso trabalho.

Nota zero para o engenheiro que não fez seu serviço e nota dez para a Isabel que fez um serviço que não é seu.

É assim que dá para ver quem tem compromisso com o planeta e quem está na prefeitura só pelo salário, esperando a aposentadoria chegar.

Pensa que só os homens pegam no pesado, nananinanina, as meninas também trabalham muito.

O Charles e o Cido trazendo a motobomba e as mangueiras.

Lembre-se de que eles desceram o barranco agarrados nas cordas, desmontaram tudo e subiram com uma mão na corda e a outra carregando os equipamentos. Cansativo …

Depois das atividades, com o povo acabado de cansaço, o grupo da pesquisa sobre a destinação do óleo de cozinha nas empresas da cidade se reuniram para uma reunião com distribuição de mais formulários e para as equipes – estamos com 12 equipes de 2 pessoas – trocarem informações sobre as visitas aos comerciantes, suas dificuldades, as equipes mais antigas dando dicas de aproximação com o comerciante …

Todas as semanas eles se reunem e quinzenalmente apresentam os resultados para a FUNVERDE.

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top