skip to Main Content

Aniquilaram as últimas árvores da ex Avenida Tamandaré

Em maio de 2003 na administração do PT em Maringa, cortaram os mais de 150 flamboyants na Avenida Tamandaré – árvores de mais de 40 anos, enormes, frondosas –  e depois transformou a avenida em rua para atender a interesses escusos, dando uma grande fatia da avenida para aumentar os lotes dos proprietários do novo centro de Maringá, onde hoje está sendo construida praticamente uma cidade de tantos prédios.

Na época, tentamos através de liminar, proteger estas árvores, mas, conforme argumentaram na época, eles iriam transportar estas árvores para um local que estariam seguras. Entramos com ação contra a prefeitura e em 2005, houve a primeira audiência no processo da FUNVERDE contra a prefeitura de Maringá e já deu encrenca, porque o juiz era um velho caquético antiecologista. A conversa foi mais ou menos assim: é melhor vocês pararem com isto porque afinal, ninguém morreu, árvore não é ser humano, parem com esta bobagem, isso é perda de tempo. Bonito, muito bonito para um juiz, mas tudo bem, relevamos, afinal o cara tinha mais de 150 anos e no tempo dele o negócio era humanizar a paisagem, isto é, cortar todas as árvores e asfaltar, não se pode pedir alguém centenário mudar seus conceitos imbecis.

Daí os PeTralhas no poder usando de perfumaria barata fingiram que estavam salvando algumas árvores e plantaram 14 das 150 ao lado da polícia ambiental, todas picotadas, arrebentadas, para nenhuma sobreviver, fizeram de conta como sempre, mas pelo menos algumas das 14 plantadas, sobreviventes das 150 cortadas conseguiram viver.

No dia 01 de dezembro de 2008, estava passando em frente ao local do plantio destas árvores – plantio feito de qualquer jeito, para enganar,  vi uns caminhões e não vi mais as árvores em pé, somente os tocos destas árvores em cima destes caminhões, um montão de lenha = $$$.

Ai que saco, será que eles pensam que o cidadão tem amnésia? NÓS DA FUNVERDE NÃO TEMOS NÃO, VIU? Não nos interessa quem autorizou o corte, quem cortou, para onde vai esta madeira, o que nos interessa é que cortaram as últimas sobreviventes do massacre da tamandaré.

O que nos interessa é que jamais poderiam ter cortado estas árvores, porque foram as sobreviventes da retirada criminosa das 150 árvores da extinta Avenida Tamandaré a mando da administração PT. É o mesmo que libertar prisioneiros do campo de concentração e depois fuzilá-los.

Mais uma atitude nada ambiental nesta cidade pseudoverde.

De que adianta nós da FUNVERDE – terceiro setor – plantarmos milhares de árvores por ano, todos os sábados, de março a novembro, faça chuva ou faça sol se o primeiro setor não respeita o cidadão, muito menos o planeta.

Eu sempre me recusei a ter um celular cheio de funções, porque não uso nada destas frescuras, para mim celular foi feito só para falar, nem mensagem eu uso, mas neste dia fez falta ter um celular com uma câmera de 5 megapixels, porque só pude voltar no outro dia para fotografar o massacre da serra elétrica e daí não tinha nenhum caminhão no local, mas também não tinha nenhum dos flamboyants em pé, só estes troncos caídos, que certamente os caminhões irão recolher e dar algum fim $$$.

Então, este ano irei pedir ao papai noel um celulare com câmera de 5 mpx , para nunca mais perder nenhum momento de destruição ambiental, coisa comum na nossa querida Maringá.

Se alguém tiver fotos das árvores antes de serem derrubadas, por favor, nos envie, porque só temos estas abaixo, com elas mortas.

Se alguém também tiver fotos da ex-avenida com os flamboyants ainda em pé por favor, precisamos delas para nossos arquivos, porque só temos fotos impressas, foi no tempo em que ainda não tínhamos máquina digital.

Me diga se não dá vontade de serrar os pés destes vagabundos que cortaram estas árvores.

Estamos tentando descobrir quem foi o mandante de mais este crime que de novo vai acabar sem ninguém na cadeia.

 

O lixo que você está vendo é de uma casa que tinha sido invadida por mendigos e que finalmente conseguiram desocupar e por abaixo a casa.

Só sobrou o nada.

Xi, cuidado árvore solitária, provavelmente voltarão para matar você também.  Dois dias depois ela também já havia sido derrubada. Colocarei um post quando voltar com a máquina – de novo estava sem – para vocês verem a humanização da paisagem também na gestão do prefeito Silvio Barros II.

Veja como a falta de memória impera neste país, veja como cada um joga a responsabilidade para o outro, num eterno jogo de empurra empurra.

Tentamos ligar para o secretário do meio ambiente, mas ele está em Curitiba.

Ligamos para o engenheiro florestal responspavel pela arborização da cidade, o ciro, e ele disse que ele só foi fazer um levantamento da área e nem sabia se já tinham sido cortadas as árvores – JÁ – e que era para procurarmos o nuplan e que no local vai ser construído o parque do trópico de capricornio e por isso cortaram as árvores. Ele disse também que tinha um monte de eucaliptos que seriam cortados – JÁ FORAM. Quando perguntamos se ele se lembrava da história daquelas árvores – só para checar – ele disse que sim, Resumindo, o que ele quis dizer é: só sou o engenheiro florestal, só fui fazer a vistoria que me pediram, não fui o mandante, não fui eu que cortei, não fui eu, já estava assim quando cheguei – a la Bart Simpson.

Caramba, pelo que entendemos, em um parque tem que haver árvores, então porque cortaram?

Ligamos para nuplan e ninguém sabe merda nenhuma, o um tal de luciano foi ríspido ao ser pressionado, disse que o iap mandou, ao que respondemos que o iap não manda, apenas autoriza, ele não sabia da história do processo, da história daquelas árvores, um desmemoriado como qualquer um do primeiro setor. Disse que vai ser feito um bosque de árvores nativas lá e por isso o iap MANDOU cortar as árvores e que nós não sabíamos da história inteira e por isso estávamos reclamando. Seu merdinha, quem não sabe da história inteira é você, sua besta, que chegou agora e não tem história.

Tentamos ligar para o chefe do IAP para ouvir a versão dele mas ele não estava.

Tentamos ligar para o promotor do meio ambiente para pedir orientação mas ele não estava.

Nada disso teria acontecido se as pessoas fossem responsáveis. Primeiro o ciro que deveria, como engenheiro responsável pela arborização da cidade, ter avisado os irresponsáveis pelo projeto que aquelas árvores tinham história, que deveriam ser salvas, porque ele como engenheiro florestal deveria saber que elas são exóticas SIM mas NÃO SÃO INVASORAS, AGRESSIVAS, ASSASSINAS, e podem – poderiam – perfeitamente ficar no meio das nativas que serão plantadas, então, não sei se concluo que o cara é um incompetente ou não tá nem aí para o serviço para o qual foi contratado há quase 20 anos.

Quanto ao chefe do iap, qual é a dele de deixar as árvores com história serem cortadas? Um cara que deveria proteger as árvores fazendo esta barbaridade. Barbaridade tche!

E a polícia ambiental? As árvores estavam do lado do muro do quartel – sei lá como se chama a sede deles – como é que eles não falaram nada? Porque no dia que entramos para fotografar – tarde demais para as árvores – um soldado ficou de olho o tempo todo – mas também nem para nos abordar e perguntar o que estávamos fazendo lá, só ficou olhando.

Dai pensamos em processar a prefeitura, mas nos lembramos do juiz, que ainda me ameaçou de tirar da sala de audiência só porque eu fiquei muito puta quando ele disse para parar com o processo e eu disse algumas verdades, mas como dentro de uma sala de audiência o juiz é o imperador supremo da galáxia tive que me calar.

Então, resolvemos que processo está fora de questão, temos que escolher nossas batalhas, que já são tantas, para não nos desviar do caminho ou então nada acontece. Só acontece dos juizes nos humilharem, nos ridicularizarem.

Mas resolvemos que vamos espernear e encher o saco de todo mundo, contar para todos, vamos ao menos brigar para desopilar o fígado, falar com cada bandido que sabemos o que eles estão fazendo, apontar nossos dedos em seus narizes sujos de serragem das árvores que mandam cortar todos os dias.

Então, se era isso que os inimigos queriam ouvir, abram suas orelhas de burros e ouçam, VOCÊS VENCERAM! Por enquanto …

Venceram só hoje e só esta batalha, não comemorem tão cedo, seus bandidos babacas, soldados de pó de serra, porque de tanto tentar consertar as cagadas que vocês fazem, nem consegui montar a árvore de natal, justamente eu que monto a árvore no dia 25 de outubro para desfrutar do clima de natal por dois meses. Então por 12 horas de hoje, regozigem-se seus calhordas, porque eu vou passar a tarde montando minha maravilhosa árvore de natal e amanhã eu volto para combater vocês e vencer, como sempre, em nome da mãe terra. Salve Gaia, nossos inimigos serão derrotados!

Obrigada Silvio, muito obrigada meu amado prefeito, pelo belo presente de natal que você nos deu!

O pior é que sabemos que o tio silvio não tem nada a ver com isso, o cara é um ecologista de coração, cheio de boa vontade, mas não encontra gente competente para colocar na prefeitura, e agora ja era, não sobrou mais nenhuma testemunha do massacre da tamandaré.

Volto amanhã, com minha árvore montada, a casa decorada e muita paz no coração, porque eu sempre peço, Senhor, me de paciência para aguentar esses bandidos, porque se o Senhor me der forças …

Este Post tem 2 Comentários
  1. Parabenizo de coração quem escreveu este artigo cheio de verdade e cheio de revolta ao saber das cagadas, sim isso aí, não tem outro nome das coisas erradas que fazem aqueles incompetentes das prefeituras.
    Aqui na minha cidade também aconteceu e acontecem coisas parecidas mas não penso ficar com os braços cruzados, não, estou tentando (e vou conseguir) reunir um grupo com pessoas que encarem sem medo e ir a luta para salvar o nosso planeta, obrigado também para Ana que quando as vezes falo com ela no MSN me informa de muita coisa sobre o assunto.
    Gostaria se possível, saber e conversar com a autora deste artigo por MSN para trocar idéias e sobretudo para me ajudar no meu empreendimento ecológico, preciso de ajuda!
    Um forte abraço para todas da Funverde, exemplo de luta por salvar o nosso único lar e de nossos filhos (ainda não tenho) mas falo pelas crianças q

  2. Parabenizo de coração quem escreveu este artigo cheio de verdade e cheio de revolta ao saber das cagadas, sim isso aí, não tem outro nome das coisas erradas que fazem aqueles incompetentes das prefeituras.
    Aqui na minha cidade também aconteceu e acontecem coisas parecidas mas não penso ficar com os braços cruzados, não, estou tentando (e vou conseguir) reunir um grupo com pessoas que encarem sem medo e ir a luta para salvar o nosso planeta, obrigado também para Ana que quando as vezes falo com ela no MSN me informa de muita coisa sobre o assunto.
    Gostaria se possível, saber e conversar com a autora deste artigo por MSN para trocar idéias e sobretudo para me ajudar no meu empreendimento ecológico, preciso de ajuda!
    Um forte abraço para todas da Funverde, exemplo de luta por salvar o nosso único lar e de nossos filhos (ainda não tenho) mas falo pelas crianças que com certeza não querem herdar um planeta cheio de sujeira e contaminação.
    Continuem na luta amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top