skip to Main Content

Mel de abelha sem ferrão vale 8 vezes mais que de outras espécies

O quilo do mel da abelha sem ferrão produzido no Agreste do Rio Grande do Norte pode valer até oito vezes mais que o de outras espécies encontradas no Brasil.

Nativas do semiárido nordestino, essa preciosidade é produzida pela abelha jandaíra e tem sido uma das principais fontes econômicas desta região do País.

Diante do cenário positivo, o Ministério da Integração Nacional implantou neste mês de abril o primeiro Polo do Mel de Jandaíra no estado. A iniciativa busca estimular ainda mais a produção local, ampliando as oportunidades de empregos e renda da população.

As atividades estão sendo desenvolvidas em nove municípios, onde a grande maioria das cooperativas de produtores é composta por jovens. A previsão é de que mais de 400 famílias sejam contempladas pela ação.

Fontes – AgBr / Julio Ottoboni, Envolverde de 25 de abril de 2018

Deixe uma resposta

Back To Top