skip to Main Content

Para estragar o dia do mais idiota dos otimistas

by marina chaccur

 

Poderia ser do Bussunda ou do Jô, mas quem teve a inspiração e coragem foi o Millôr, extraído do livro “Todo homem é minha caça”.

Começa assim: “Para estragar o dia do mais idiota dos otimistas”

Se você é um desses superdebilóides, que acha que “o mundo é assim mesmo” e que afinal, “tudo se resolve”, que o pequeno príncipe é um grande livro cheio de força moral, e que “somos todos irmãos”, abandone por um momento este sorriso cretino e leia estes tópicos:

1. Foi publicado um panfleto sobre horrores e perseguições ocorridos no Gabão. Procure ler.

2. O homem é o câncer da natureza.

3. Você ao que tudo indica é membro da espécie humana. Isto é, assassino nato, usufruidor da miséria geral (se você está comendo, alguém está deixando de comer: o mundo não tem alimento pra toda esta gente), sequaz dos assassinos, parceiro de ladrões, et cetera, et cetera. Não adianta ficar com esta cara de bom moço aí não, que eu te conheço: você é um homem. E um homem é exatamente o negativo do IF, de Kipling. Já leu? …Esqueça. Nunca ouviu falar? Não ouça.

4. Continua com um risinho nos lábios? Pô!! Mesmo individualmente você não vai escapar velho, é estatístico. Se não for atropelado, ficará no desemprego, se não ficar desempregado, vai pegar um enfisema, depressão, será humilhado, abandonado pela mulher que diz que ama (mas ama hein?), arrebentado sentimentalmente pelos filhos ou pelos pais, ficará impotente e, se escapar de tudo, terminará, velho e senil, babando num asilo em ruínas, depositando sua derradeira esperança numa vida eterna e ainda se achando o top de linha do universo, viveu tanto e não descobriu que te enganaram desde cedo, apenas para controlar tua própria vontade, aumentando assim a matilha de cachorros loucos.

5. Leia minha frase nº 2. Você é muito preocupado com o “Environment”, porque está na moda. Só que o maior entrave para o mundo é você mesmo, cara. Câncer, é, … grave isso! É o homem que estraga a terra, corrompe a natureza, fura os túneis, empesta o ar, suja as águas, apodrece tudo em que pisa, sem sentido nem objetivo. A explosão nuclear, ao contrário do que todos pensam, não é uma tragédia. Pode ser uma tragédia para espécie humana. Mas é apenas uma medida saneadora para o universo. Uma maneira simples de a natureza se livrar de você, ô peste! E fique tranqüilo: o desaparecimento do ser humano não fará a menor diferença à economia do cosmo!

6. Pode ser que haja vida inteligente em qualquer outro planeta. Neste positivamente, só há a mais absoluta estupidez.

7. Você é um animal como outro qualquer, só que, naturalmente, muito pior. Pra sobreviver – e manter o ciclo de destruição – você tem que comer carne (oriunda da carne de outro animal), ou ovos (e impedir que outros animais nasçam), ou sementes (e impedir que as plantas nasçam). O único alimento puramente alimento feito só pra isso, é o leite. Você é capaz de viver só de leite a vida inteira, hein, bonzinho?

8. Consulte sua enciclopédia preferida. Pode ser Britânica, galáctica, latina, saxônica sueca, qualquer. Em vez de ler as biografias impressionado, se admirando com os feitos de bravura, inteligência e denodo dos caretas lá incluídos, pense no que realmente foram sem os compromissos culturais convencionados que os levaram até lá: usurpadores, exploradores da comunidade, santos de mentira, predadores econômicos, assassinos impiedosos, cientistas egocêntricos, artistas cuja principal arte foi a autoprojeção. Uma súcia.

9. Você já pensou se a terra for apenas uma astronave tentando escapar a um mundo louco, e que nós, apesar de tudo, ainda somos o melhor do que existe por aí nessas galáxias?

(Millôr, adaptado por Bernardo Blum)

 

This Post Has One Comment
  1. […] Para estragar o dia do mais idiota dos otimistas « FUNVERDE … […]

Deixe uma resposta

Back To Top