skip to Main Content
As Compras Que Foram Feitas On-line E São Devolvidas, Muitas Vezes Vão Diretamente Para O Lixo

As compras que foram feitas on-line e são devolvidas, muitas vezes vão diretamente para o lixo

Rádio CBC por Padraig Moran

Mais barato para as empresas lançar apenas retornos do que verificar se eles podem ser revendidos: Adria Vasil

Você encomenda diferentes tamanhos de roupa on-line, sabendo que pode devolver a que não couber em seu corpo?

Você sabia que as mercadorias que você devolve às vezes são enviadas diretamente para o lixo?

As compras online criaram um boom de produtos perfeitos, que acabam terminando nas lixeiras e aterros sanitários, de acordo com Adria Vasil, jornalista ambiental e editora-gerente da revista Corporate Knights.

A Amazon enfrentou acusação por destruir itens devolvidos na França e na Alemanha.

O problema também afeta produtos não vendidos. A Burberry admitiu que em 2018 havia incinerado 90 milhões de libras em roupas e acessórios nos cinco últimos anos . A empresa interrompeu esta política no ano passado após um protesto público.

Vasil conversou com Laura Lynch, do The Current, sobre como os consumidores podem conter este aumento generalizado do desperdício. Aqui está parte da entrevista.

Como o boom das compras on-line está influenciando a quantidade de produto que acaba sendo desperdiçado?

É impressionante. O aumento do volume de retornos aumentou em 95% nos últimos cinco anos. E somente no Canadá, estamos devolvendo US $46 bilhões em mercadorias todos os anos. E imagina, como isso pode ser um problema? Bem, o problema é que – especialmente quando estamos retornando on-line – muitos desses produtos acabam indo para os aterros sanitários.

Model on Burberry catwalk

Por quê? Você está devolvendo para a empresa algo novo e bom?

Na verdade, o custo para muitas empresas, custa mais colocar alguém para analisar o produto que retornou, analisar visualmente e dizer:  o produto está dentro do padrão de qualidade? está com o código? Quem comprar novamente não irá nos processar? Alguém alterou a caixa ou o produto de alguma maneira? E isso é retornável? E se for roupa, ela deve ser passada novamente novamente e colocada em uma nova embalagem. E para muitas empresas, simplesmente não vale a pena. Então eles literalmente apenas incineram ou enviam para o aterro sanitário.

Você tem um exemplo de algo que nós podemos estar fazendo errado e que levaria o produto ao lixo?

Você já comprou roupas online? 

Sim, claro.

Burberry catwalk

Estamos comprando a maioria de nossas roupas on-line, mas existe a dificuldade de saber o tamanho certo que caberá em você.. Então, o que muitos de nós fazemos é chamado bracketing. Compramos um número médio, um pequeno e um grande, ou, um 8, 10 e 12, experimentaremos todos e depois devolveremos os dois que não serviram. O problema é que os dois que retornamos, em muitos casos, estão indo para o lixo quando retorna para empresa. E as marcas não querem lidar com esses produto de retorno. Então eles preferem se desfazer deles.

Então, existem empresas que estão tentando coibir essa prática? Existem soluções?

Estamos vendo tantas marcas de roupas, em particular, jogando fora ou incinerando, como a que a empresa Burberry fez. Eles foram pegos queimando bilhões de dólares em roupas. H&M também fez este procedimento. E foi um escândalo para as pessoas da indústria de roupas. Você que é um comprador, acaba descobrindo que bilhões de dólares estão sendo queimados porque eles não querem que estes produtos retornados acabe no mercado e desvalorizando seus produtos nas gondolas das lojas. Poderiam simplesmente baixar os preços dos devolvidos.

Então, estamos vendo algumas marcas se oporem a isso. A Empresa Patagônia iniciou uma loja on-line e uma loja física de produtos que podem ter pequenos defeitos ou precise de pequenos reparados. Podemos quer que existe alguma ação neste sentido, incentivando a consertar para que os produtos possam ser utilizados.

A França está proibindo … mandar essas mercadorias devolvidas para os aterros.

Estamos começando a ver uma mudança de atitude. Acho que as pessoas estão realmente cansadas e enojadas com esta prática de grandes lojas. 

Por que as empresas não doam as roupas para instituições de caridade?

É uma coisa de imagem. Eles estão querem manter a exclusividade. Eles querem manter o tipo especialidade de seu produto. Mas é realmente um sintoma de um problema muito maior, o excesso de consumo de nossa sociedade.

Imagem relacionada

Então, o que podemos fazer como consumidores, especialmente agora que estamos comprando a nova coleção de verão? 

Eu recomendo que você tente comprar o seu numero correto para evitar retornos às lojas. Então, pense sobre o produto e veja se há alguém que possa entregá-lo. Se você não quiser devolvê-lo, poderá doá-lo?

Compre produtos de reuso, chamado de segunda mão. Muitos de nós estão comprando produtos novos que realmente não precisamos. E há uma tendência crescente nas compras em segunda mão no hoje. Por isso, encorajo você a participar e procurar marcas que realmente fazem parte da economia circular, como a Patagônia, reparando, reformando e consertando mercadorias no final de sua vida, para que possam ter uma segunda vida . E para que acabemos com tanto desperdício de produtos. 

Escrito por Padraig Moran. Produzido por Ben Jamieson. Perguntas e respostas editadas por extensão e clareza.

Original

 

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top