skip to Main Content
Energia Renovável Superou O Carvão Nos EUA Por 40 Dias Seguidos

Energia renovável superou o carvão nos EUA por 40 dias seguidos

Por REBECCA BEITSCH – The Hill

As fontes de energias renováveis produziram mais eletricidade do que as usinas movidas a carvão nos últimos 40 dias, superando todos os registros anteriores.

Eólica, solar e hidroeletricidade produzem mais eletricidade que carvão desde o dia 25 de março, de acordo com dados da US Energy Information Administration analisados ​​pelo Instituto de Economia Energética e Análise Financeira (IEEFA).

Isso supera o recorde anterior de apenas nove dias consecutivos de fontes renováveis ​​eliminando o carvão na geração de energia.

A energia renovável superou pela primeira vez a geração a carvão  em abril do ano passado.

Renewable energy production surpasses coal in US for first time

© Greg Nash

O declínio do carvão ocorre quando vários setores estabelecem metas para a geração de energias renováveis.

Várias empresas anunciaram sua intenção de deixar de depender do carvão e gradativamente fechar suas usinas a carvão em datas que podem variam de 2030 a 2050.

As grandes varejistas como a Target também se comprometeram a fazer a transição para energias renováveis ​​para abastecer suas lojas.

Mas muitos estados também estão impulsionando a mudança para a energia verde, aumentando a exigência de geração de energia renovável para as concessionárias que atuam dentro de suas fronteiras.

A última tendência para as energias renováveis ​​ocorre em meio a um declínio geral na demanda por eletricidade, quando o coronavírus fecha as empresas em todo o país – limitando a necessidade da dependência do carvão.

Os baixos preços do gás natural e o clima quente no inverno também ajudam a alimentar a mudança.

O IEEFA previu anteriormente que a geração renovável ultrapassaria a geração por carvão até o ano de 2021.

“Mas no primeiro trimestre de 2020, a geração de energia renovável excedeu inesperadamente o carvão e, com esse forte desempenho continuando no segundo trimestre, há uma chance crescente de que o marco de transição possa ocorrer este ano”, afirmou o grupo.

Original

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top