skip to Main Content

Plantas com atividade inseticida para uso em cultivo orgânico e agroecológico

erica.schurmann

Este pequeno manual surgiu a partir do interesse em práticas alternativas para o manejo de pragas em agricultura orgânica e agroecológica, desenvolvidas pelos agricultores da Microbacia do Rio Cachoeira Grande no município de Magé e no município de Guapimirim no Rio de Janeiro.

O Laboratório de Farmacobotânica desenvolve na região o projeto de extensão intitulado ¨Uso e cultivo racionais de plantas medicinais e plantas alimentícias não convencionais (PANC) pelos agricultores de Magé e Guapimirim, RJ¨ em parceria com o Programa de Educação Tutorial (PET-Farmácia) realizado por docentes e discentes da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, sob coordenação da Profa. Ana Cláudia Vieira.

O projeto conta com a parceira da EMATER-RIO, atuante nas regiões de Magé e Guapimirim, da Associação dos Pequenos Produtores Rurais da Cachoeira Grande (APPCG) e do Comitê Gestor da Microbacia do Rio Cachoeira Grande (COGEM), que envolvem os agricultores da microbacia do Rio Cachoeira Grande e a Prefeitura Municipal de Magé, através de sua Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento.

Este projeto está em desenvolvimento há três anos e visa a aproximação da academia à população, com trocas de informações entre extensionistas, agricultores e pesquisadores para aprimoramento dos conhecimentos técnicos e científicos dos mesmos em temas relacionados a uso e cultivo de plantas medicinais e plantas alimentícias não convencionais.

A busca por técnicas alternativas para o controle de pragas e doenças ganhou um enfoque visto o interesse dos agricultores.

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top