skip to Main Content
Semanário Da FUNVERDE – 20 A 26 De Outubro De 2019

Semanário da FUNVERDE – 20 A 26 de outubro de 2019

Este texto pretende ser o primeiro de uma série de periódicos semanais relatando as atividades da ONG FUNVERDE, além de contar tudo sobre sua joia mais preciosa: o Bosque Sensorial.

DSC_1455

Foto histórica da turma reunida.

DSC_1428

Foto histórica da turma comendo fruta no Bosque Sensorial Ana Domingues

Na segunda feira, dia 21 de outubro, fizemos a doação de semente de pau Brasil que foi coletada na praça da catedral durante o evento do Global Climate Strike e fomos doar ao viveiro para produção de arvores. Neste dia, doamos aproximadamente 15 arvores em tubetes que foram deixadas por alguém no bosque sensorial no sábado passado.

Na sexta feira, participamos da reunião ordinária do COMDEMA – Conselho de Defesa do Meio Ambiente de Maringá – onde, entre outros assuntos, foi discutido o problema do desaparecimento do lago do parque do ingá. A Secretaria de meio ambiente expôs o problema e comentou que estão procurando ajuda junto a ANA – Agencia Nacional das Águas e universidades locais.

20191025_155344

Foto: Reunião do COMDEMA

No Bosque Sensorial Ana Domingues, após uma boa chuva no início da semana, as árvores plantadas responderam com novos brotos, flores e muitos frutos. Pôde-se comer direto do pé pitangas, bacuparis, acerolas e atas, além das primeiras mangas maduras e as últimas amoras da temporada. As goiabeiras estão carregadas de flores e as caramboleiras estão iniciando sua floração.

BS260919-4

Foto: Bacupari

Após as chuvas e as altas temperaturas registradas nestas semanas, o capim cresceu bastante e já se sente a necessidade de uma nova roçada.

No encontro rotineiro dos sábados à tarde no Bosque Sensorial, plantamos 10 árvores das seguintes espécies: carambola, eucalipto arco íris, acerola e pau viola (todas na região Sul, nas proximidades da ATI).

Como espetáculo adicional, pudemos apreciar uma atividade de biciclos que estava sendo conduzida dentro do bosque e perto da região do plantio.

Terminado o plantio das árvores, o funverdiano Ayrton iniciou uma roça de arroz, na enxada, semeadura à mão, ladeando as fileiras do cafezal que idealizou, plantou e cuida esmeradamente – exatamente como era feito até a metade da década de 70 pelos primeiros maringaenses. Isso tem o objetivo de mostrar o valor histórico destas culturas para as novas gerações.

BS260919-5

Foto: Sementes de Arroz

20191026_162125

Click na foto que o Ayrton irá explicar como se fazia antigamente o consorcio de cafe e arroz

Participantes do dia: Entre estagiários, voluntários e membros institucionais da Funverde, participaram das atividades aproximadamente 14 amantes da natureza (destaque para o segundo sábado de colaboração da Geovana, que nos conheceu durante o evento do clima no Global Climate Strike, onde soube do projeto e se interessou por ele).

20191026_151537

Foto: Geovana

Após os trabalhos, rolou a tradicional confraternização estilo happy hour no posto ao lado do Bosque.

Foto histórica de Happy hour após o plantio

Para o próximo sábado, dia 2 de novembro, foi programada uma visita a um dos fundos de vale que foi recuperado por nós há aproximadamente 13 anos. Outro legado deixado pela FUNVERDE para a cidade de Maringá e a seus moradores atuais e futuros.

20191026_161716

Foto: Charles fazendo a chamada dos estagiários

20191026_152937

Fotos: Plantio de arvore pelos estagiários JK

 

 

This Post Has One Comment
  1. Sabados inesqueciveis. Terapia em grupo. Momentos de reflexao.
    Bosque Sensorial Ana Domingues.
    Faca parte deste movimento, todos os sabados das 15:00 ate 17:00hs.
    Esperamos vc lá

Deixe uma resposta

Back To Top