skip to Main Content
Semanário FUNVERDE De 3 De Novembro A 9 De Novembro De 2019

Semanário FUNVERDE de 3 de novembro a 9 de novembro de 2019

Começamos com uma entrevista no dia 5 de novembro para Ric TV, que está divulgando o projeto do Bosque Sensorial Ana Domingues.

O reporter estava tentando pegar o som das cigarras, que estavam muito felizes naquele dia!

O Bosque Sensorial Ana Domingues ofertou aos visitantes uma semana de alta produção de frutos e flores, atraindo, com isto, várias espécies de pássaros com suas cores e cantos – além de muitos apreciadores humanos deste espaço público e seu festival de tons, gorjeios e sabores.

Estiveram carregados os pés de bacuparis, acerolas e especialmente pitangas, pincelando vermelho sobre o verde. Quem caminhou por seu interior encontrou, ainda, amoras gigantes em um das amoreiras e mangas maduras (direto no pé ou caídas no chão).

 

Seriguelas, carambolas, romãs, jacas e goiabas continuam em pleno desenvolvimento.

As flores da Castanha do Maranhão mostraram-se belas e exuberantes.

Destaque para as primeiras frutinhas-bebês de gabiroba, deixando o funverdista Ayrton todo-todo, como se pode ver nas fotos abaixo.

Um detalhe sobre destas gabirobeiras. O Ayrton e a Dona Ana, sempre que chegava a primavera, ficavam de olho nelas, ano a ano para ver quando iriam frutificar.

A Dona Ana não conseguiu ver as gabirobeiras frutificando, infelizmente!

Os funcionários da prefeitura fizeram uma parte da roçada do mato que cresceu rapidamente com as recentes chuvas e calor.

No sábado, pouco antes do encontro fixo dos voluntários e estagiários (sempre às 15:00 hs), uma turma da geografia-UEM com 10 alunos, colegas de nossa voluntária Giovana (que também se encontrava presente), nos agraciaram com uma visita para conhecer o Bosque e o projeto do Bosque Sensorial Ana Domingues desenvolvido pela FUNVERDE. Os funverdista Cláudio, Charles e Ayrton trabalharam juntos na tarefa de percorrer o Bosque com a turma e mostrar todo o resultado do trabalho realizado desde 2009 e as dificuldades encontradas para se chegar até o que eles estão vendo hoje.

Durante o passeio, fizemos o batismo das meninas mostrando a arvore preferida delas, o pau de mulato

O pessoal veio em uma época muito boa, temos muitas frutas já no bosque

     

Geografia091119-7

Para mostrar para o pessoal, que educação ambiental ainda é um problema, encontramos algumas arvores cheia de enfeites, restos de festa infantil, que, depois de usado, deixaram preso na arvore. Comentamos sobre desenvolver um projeto paralelo de educação ambiental para quem visita o bosque

Geografia091119-15

 

No final da visita, fizemos a tradicional foto conjunta

Antes de falar exatamente do plantio que realizamos no dia 9, gostaria de mostrar como um pequeno esforço de recompor um ambiente original, traz de volta a vida. No sábado, estávamos lá e vimos algumas aves se alimentando com as frutas. Logo depois, apareceu um gavião. O Fernando que adora fazer fotos, não sossegou até fazer estas fotos do casal de gavião que estavam caçando ali.

As fotos são do Fernando Arcoverde, por sinal, ele estava de verde e no momento que tirei esta foto, estava ouvindo o som dos pássaros, e logo em questão de minutos, foi ao carro pegar a maquina fotográfica profissional para ir a caça das fotos, e como conseguiu, ficaram lindas!

20191109_162349

A fêmea, lindíssima!

DSCN1076_1024x768

DSCN1069_1024x768

DSCN1054_1024x768

 

O macho, só de olho!

DSCN1094_1024x768

DSCN1089_1024x768

Curiosidade dele

DSCN1085_1024x768

DSCN1095_1024x768

DSCN1084_1024x768

DSCN1059_1024x768

e o jantar dos gaviões!

DSCN1046_1024x768

DSCN1073_1024x768

DSCN1049_1024x768

Mas voltando a falar sobre nosso dia,

No sábado pela manhã, o Cláudio e o Ayrton foram ao viveiro para escolher algumas arvores, precisavam ser poucas, devido a visita do pessoal da Geografia da UEM, não tínhamos ideia do tempo que demoraria para apresentar o projeto.

20191109_095106

Logo mais, no encontro predeterminado, foram plantados 10 indivíduos das seguintes espécies: tamarindo, oliveira, fruta pão, cerejeira branca e rosa, acácia e sete capotes. Como foram poucas árvores e muitos colaboradores compareceram, os trabalhos terminaram mais cedo.

Recebemos a visita do filho do Luerti, o Bruno

Munido da Chibanca, foi fazer seu primeiro plantio de arvore da vida!

O Valdecir plantou uma arvore de Fruta Pão

Ferramentas usadas no dia, chibanca, enxada e os baldes para fazer o hidrogel

O Ayrton foi cuidar do cafezal, e o arroz que foi plantado, já está nascendo

Logo depois, passamos para a última etapa de nossos trabalhos

O final dos trabalhos da semana FUNVERDE se deu, como sempre, com o tradicional happy hour (com direito a um brinde alusivo o aniversário do Cláudio ocorrido no dia anterior, sexta, dia 08).

 

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top