skip to Main Content

VIAPAR cultural – representantes dos projetos selecionados receberam seus contratos de patrocínio

Num total de 9, eles foram selecionados para viabilizar suas realizações em diversos segmentos; VIAPAR destinou R$ 200 mil, para esse fim, em 2014, por meio da Lei Rouanet

Na manhã desta quinta-feira (5-6), a concessionária de rodovias VIAPAR recebeu em sua sede representantes dos 9 projetos culturais selecionados para receberem recursos financeiros por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura. Eles haviam sido inscritos no “VIAPAR Cultural”, programa criado este ano pela empresa, a qual destinou um total de R$ 200 mil para incentivar iniciativas habilitadas em diversos segmentos.

Reunidos com o assessor Marcelo Bulgarelli e a assistente Priscila Nascimento Belai, da área de Comunicação, e com Miguel Fernando Peres Silva, diretor-executivo do Instituto Cultural Ingá, os artistas e agentes culturais tiveram acesso aos contratos de patrocínio.

De acordo com Bulgarelli, o “VIAPAR Cultural” atingiu seus objetivos ao pulverizar os recursos para realizações em Maringá e cidades atendidas pelas rodovias da concessionária. “Ficamos satisfeitos em poder contribuir para a execução desses projetos e para o fortalecimento da atividade cultural nas comunidades”, comentou.

Entre os que foram selecionados está o Projeto Famar, da Associação Cultural Banda de Música Branca da Mota Fernandes, de Maringá, que captou R$ 34 mil. Segundo o diretor Paulo Sérgio da Silva e o coordenador Graziani Moraes, o Famar surgiu a partir da solicitação de amigos de Paranavaí, que tentam reestruturar uma banda nos moldes das fanfarras que existiam nas décadas de 1980 e 1990. Fundada em 1999, a Associação mantém atualmente uma orquestra de metais e percussão, que reúne 130 participantes, entre crianças, adolescentes e jovens, a maioria de famílias de baixo poder aquisitivo.

A peça de teatro infantil “A simples história de uma menina e um artista”, escrita por Leiza Maria Correia da Silva, de Sarandi, foi outra iniciativa contemplada, com R$ 13 mil. Atriz profissional desde 2000, Leiza disse ter ficado eufórica ao saber que terá o apoio financeiro da VIAPAR. “Vou realizar o sonho de levar uma produção própria ao palco. É a primeira vez na vida que recebo um patrocínio”, ressaltou, agradecendo a empresa.

Fonte – Assessoria de Comunicação da VIAPAR de 06 de junho de 2014

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top