Itália proíbe uso de animais em apresentações de circo

Itália proíbe uso de animais em apresentações de circoFoto: ~Pawsitive~Candie_N/Creative Commons

Aqui no Brasil, aproximadamente 11 estados possuem leis que proíbem o uso de animais em circos – mas ainda não há nenhuma lei federal a respeito do assunto. Enquanto não nos posicionamos como nação diante de um assunto tão importante, mais um país adotou lei que protege os bichos dessa atividade abusiva: a Itália.

Para Jan Creamer, presidente do movimento Defensores de Animais Internacionais, viajar de cidade a cidade, semana após semana, apenas para entreter pessoas é absurdo, além de comprometer o atendimento às necessidades básicas desses bichos. “Nós aplaudimos a iniciativa da Itália e torcemos para que outros países se inspirem e acabem com essa crueldade”, explica.

Segundo ele, o movimento Defensores de Animais Internacionais teve participação ativa para que a nova lei italiana fosse criada e aprovada. Jan viajou até o país europeu para acompanhar de perto todo o trâmite e ainda ministrou um workshop para os políticos da nação para explicar sobre as investigações realizadas durante o documentário Lion Ark, que mostra o resgate de animais em um circo na Bolívia.

Os circos terão um ano inteiro para se adaptar a nova regra, que foi assinada no início de novembro. Estima-se que a Itália possua cerca de 100 estabelecimentos desse tipo, totalizando mais de dois mil animais enjaulados. Com a nova legislação, eles finalmente estarão livres para viver de forma mais digna.

Fonte – Jéssica Miwa, The Greenest Post de 28 de novembro de 2017

Deixe uma resposta