skip to Main Content

Documentário “O Homem do Saco” promove debate sobre catadores

o homem do saco catadores

Cerca de 90% de tudo que é reciclado no Brasil passa pelas mãos dos catadores de materiais recicláveis, agentes invisíveis para grande parte da sociedade. Esses profissionais desenvolveram um método de coleta seletiva eficiente para o cumprimento de algumas etapas da gestão de resíduos sólidos e criaram uma alternativa profissional ao desemprego que assola muitos brasileiros.

Com o objetivo de semear o debate sobre a importância que os catadores possuem na sociedade atual, os diretores Rafael Halpern, Felipe Kfouri e Carol Wachockier produziram o filme de forma independente, sem patrocínio ou financiamento, e decidiram antecipar a divulgação gratuita e online do documentário “O Homem do Saco” essa sexta-feira, dia 17.

O filme de 58min mergulha no mundo desses trabalhadores e abre nossos olhos para enxergar essas pessoas consideradas invisíveis. A partir da história de vida de diversos personagens, vemos os problemas que enfrentam e vislumbramos possíveis soluções para uma vida mais digna desta figura tão significativa para a cadeia de reciclagem.

Vencedor da Competição Latino Americana pelo voto popular do festival Mostra Ecofalante (SP- 2015), o filme também foi selecionado aos festivais Ekofilm (Republica Tcheca – 2016), EkotopFilm (Republica Tcheca – 2016), Filmambiente (RJ – 2016), Planeta.doc (SC – 2016) e Cultura, Arte e Poder (MG – 2017). Também foi exibido em 8 SESCs, no projeto “Glicério pela Vida”, Casa de Cultura Grajaú, Movimento Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (MNCR) e em diversas cooperativas, seguido de rodas de conversas e debates.

Agora, mais do que nunca, este assunto deve ser pautado e debatido.

Assista ao documentário completo:

Fonte – Instituto Polis de 17 de março de 2017

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top