skip to Main Content

Estudo aponta que somente o veganismo é solução para o desmatamento zero no futuro

Um estudo publicado na conceituada revista científica Nature Communications demonstrou que somente o veganismo poderia livrar a humanidade futura de uma crise global de desmatamento e falta de recursos naturais até 2050.

No estudo, os cientistas do Institute of Social Ecology, de Viena, desenvolveram 500 tipos de cenários (futuros possíveis), baseados em previsões de colheitas futuras, áreas para agricultura, alimentação de animais, criados para alimentação e dietas humanas.

Em todos estes cenários, o desmatamento deveria ser próximo de zero. Destas 500 previsões, uma sociedade vegana tornaria possível todos os cenários. Em uma sociedade proto-vegetariana (ingestão de ovos, leites, mel e afins), 94% dos cenários seriam possíveis, mas se 6% deles viessem a acontecer, o desmatamento das florestas aconteceria de forma predatória. Em uma sociedade cuja dieta fosse majoritariamente flexitariana (come-se de tudo), mas sem excessos, 66% dos cenários seriam possíveis e com uma dieta típica dos Estados Unidos apenas 15% dos cenários seriam possíveis.

Desta maneira, os autores demonstram o que hoje já é sabido pelos dados da FAU: uma alimentação com carnes e derivados animais destrói florestas e outros ecossistemas, pois a principal causa do desmatamento destes biomas é a limpeza do local para produção de pasto para criação de animais ou de colheitas para produção de vegetais, que terminarão por virar ração de animais de criação.

Assim, é importantíssimo que mais e mais pessoas optem pelo veganismo, pois, caso isto não aconteça, teremos um sério problema de falta de recursos naturais, já que as florestas não só contribuem com oxigênio e biodiversidade, mas são importantíssimas na manutenção de nascentes de água doce e na saúde do solo.

Fonte – Cultura Veg de 05 de setembro de 2016

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top