skip to Main Content

Oficina de trânsito será realizada com adultos

Diariamente o projeto é desenvolvido com crianças do 3º ano do ensino fundamental

Há vários anos a VIAPAR realiza o projeto Oficina de Trânsito Rodoviário, voltado a educação nas ruas, avenidas e estradas para crianças do ensino fundamental. Além de aulas teóricas, os participantes caminham por uma mini-rodovia, similar a uma verdadeira, com sinalização horizontal, vertical, semáforo, passarela, faixa de pedestre, dentre outros itens. Pois bem, nesta sexta-feira (30), às 9h30, os alunos vão ser um pouco maiores: os colaboradores da empresa. A ação faz parte da Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Sipat) da concessionária.

A expectativa, segundo a encarregada do departamento de compras e presidente da Sipat, Graziela Juliane Kleinobing de Araujo, é que 40 pessoas participem da iniciativa. “Como tem aumentado o índice de acidentes de trânsito no deslocamento para o trabalho envolvendo funcionários compreendemos ser importante tratar deste assunto”, informou. A aula será ministrada por agentes da Secretaria de Trânsito (Setrans) de Maringá e vai durar 40 minutos.

Lembrando que durante toda a semana os participantes tiveram a oportunidade aprender sobre diversos outros temas. Foram abordados os seguintes assuntos: alimentação e hipertensão, reconhecimento de emergências médicas, direção defensiva para motociclistas, câncer de mama, atitudes positivas no ambiente de trabalho, além da coleta de exames (papanicolau/mama) e a disponibilização de uma cadeira de massagem. Detalhe: em todas as palestras foram sorteados prêmios.

Oficina

Formar motoristas, motociclistas e pedestres mais conscientes para um trânsito mais seguro. Com este objetivo o projeto Oficina de Trânsito da concessionária de Rodovias VIAPAR atende a média de 4 mil pessoas por ano. A iniciativa, realizada na sede da empresa em Maringá, prioriza alunos de escolas públicas ou privadas do 3º ao 5º ano do ensino fundamental. O programa também é extendido de forma gratuita à adolescentes, pessoas com necessidades especiais e idosos.

Fonte – Assessoria de comunicação da VIAPAR de 29 de outubro de 2015

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top