skip to Main Content

Tecpar comemora 84 anos com implantação de novo parque tecnológico

Por Assessoria de Comunicação – TECPAR – 6 de junho de 2024.

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) completa 84 anos de fundação nesta quinta-feira (6) executando projetos que vão consolidar a instituição como laboratório público oficial na área da saúde e também que reforçam sua presença no Interior do Estado.

Empresa pública do Governo do Paraná, o Tecpar foi fundado em junho de 1940 e hoje cumpre o papel de indutor de inovação e de novas tecnologias, com foco em contribuir com a economia e o desenvolvimento regional.

O diretor-presidente do Instituto, Celso Kloss, avalia que, ao comemorar os 84 anos do instituto, celebra-se também o cumprimento de sua missão pública ao longo desses anos.

“Neste período, o Tecpar cumpriu, e continua a cumprir, seu papel como laboratório público oficial e também como um instituto indutor do desenvolvimento de novas tecnologias e de apoio ao mercado, com serviços tecnológicos de seu complexo laboratorial e de sua divisão de certificação”, exemplifica.

Kloss ressalta que a celebração desse marco coincide com a implantação do projeto do Parque Tecnológico da Saúde do Tecpar em Maringá, uma nova frente de atuação.

“O Tecpar é um laboratório público oficial, o que significa que tem entre seus objetivos o fornecimento de produtos ao Sistema Único de Saúde (SUS). Ao longo da sua história, deu inúmeras contribuições à saúde pública brasileira e, aos 84 anos, executa um projeto que irá consolidá-lo como fornecedor público nacional”, destacou.

Obras de construção do novo laboratório no TECPAR, Paraná, Brasil. Foto: Hedeson Alves/TECPAR

Novo Parque

O projeto ao qual o diretor-presidente se refere é a unidade industrial voltada à produção de fórmulas nutricionais no futuro Parque Tecnológico em Maringá.

Em maio, o Tecpar assinou, na presença do vice-governador Darci Piana, um protocolo de intenções com a empresa Astra Medical Supply para o desenvolvimento conjunto de uma planta produtiva no parque tecnológico da cidade do Noroeste do Estado.

A implantação da fábrica faz parte da fase 2 do projeto de instalação do Parque Tecnológico em Maringá, que tem como objetivo atrair várias empresas especializadas em pesquisa e desenvolvimento de produtos de ponta na área de saúde.

A escolha da empresa se deu após um chamamento público, que teve como vencedor o consórcio das empresas Astra Medical Supply e Nucitec.

Além da instalação da indústria para produção nacional das fórmulas de nutrição clínica especializada, a parceria também prevê a transferência de tecnologia para o instituto paranaense.

As primeiras fórmulas nutricionais produzidas no parque serão utilizadas para alimentação de pessoas com Alergia à Proteína do Leite de Vaca (APLV), um efeito adverso à saúde decorrente de uma resposta imune específica que ocorre na exposição a uma proteína presente neste alimento.

Os produtos serão destinados ao SUS, atendendo a uma demanda nacional por este tipo de fórmula.

A plataforma de desenvolvimento industrial para formulações pediátricas, como no caso da APLV, é considerada estratégica pelo Ministério da Saúde para atender essa doença negligenciada e também um desafio em saúde e de solução produtiva e tecnológica para o SUS.

A recomendação do órgão é que haja produção de medicamentos e formulações para tratamento da população pediátrica de forma a garantir o abastecimento em nível nacional.

A fase 1 da implantação do parque tecnológico contempla a infraestrutura no local, um terreno doado pela Prefeitura de Maringá ao Tecpar, com área de 100 mil metros quadrados.

A previsão é que ainda no mês de junho seja divulgada a empresa cuja proposta de construção da infraestrutura foi a vencedora do processo licitatório.

 

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top