skip to Main Content

Volkswagen admite mais fraudes

O Greenpeace condena a atuação da marca e exige investigações no Brasil

Volkswagen confessa que não apenas violou testes de emissão de poluição, mas que também cometeu “irregularidades” em testes de emissão de CO2. Cerca de de 800.000 carros na Europa cometeram violações em testes de emissões de gases de efeito estufa, além dos 11 milhões ao redor do mundo que já tinham sido anunciados com fraude de emissões de poluentes. No entanto, enquanto a própria montadora está investigando suas operações na Europa, pouco tem sido feito no Brasil.

A notícia surge logo após fiscais nos Estados Unidos ampliarem investigações para outros modelos e encontrarem provas de que os carros a diesel da Audi e Porsche, além de modelos a gasolina, também contêm softwares que burlam testes de emissões de poluentes.

A pergunta que fica é: e o Brasil? Na semana passada, enviamos cartas para o governo brasileiro pedindo por investigações que não apenas levassem em consideração os veículos a diesel, mas também os movidos a outros combustíveis. Também enviamos carta para a Volkswagen, cobrando transparência e comprometimento com carros que emitam menos gases de efeito estufa, porque, além de fraudar as emissões, a Volkswagen vende carros no Brasil que emitem muito mais que os carros na Europa, de acordo com estudo da COPPE/UFRJ encomendado pelo Greenpeace.

“A Volkswagen precisa entender que, além de colocar a vidas das pessoas em risco, o fato de enganar a população com carros que emitem mais gases de efeito estufa e poluentes do que o anunciado acelera as mudanças climáticas. E a conta dessa fraude é paga pela população, que sofre com doenças respiratórias relacionadas à poluição das grandes cidades. Por isso, o Greenpeace pede que a marca seja plenamente responsabilizada”, diz Fabiana Alves, da Campanha de Clima e Energia do Greenpeace Brasil.

Já passou o momento de o governo brasileiro adotar testes de emissões de poluentes sérios e transparentes no Brasil, assim como de impor metas obrigatórias de eficiência energética veicular a toda indústria automobilística, não apenas à Volkswagen. Em ano de discussões climáticas, é importante que empresas e governo mostrem comprometimento em reverter o aquecimento global.

Junte-se a nós e peça por mudanças. Entre no Facebook da montadora e complete a hashtag: #‎volkswagenvale… Destruição do meio ambiente, mentira, fraude, efeito estufa, doenças cardíacas e respiratórias são algumas opções.

Ajude-nos a pressionar a montadora a ser transparente no Brasil e no mundo.

(#Envolverde/ Greenpeace)

Fonte – Greenpeace Brasil / Envolverde de 09 de novembro de 2015

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top