skip to Main Content
Lojas No Japão Passam A Cobrar Pelas Sacolas Plásticas De Compras

Lojas no Japão passam a cobrar pelas sacolas plásticas de compras

Todas as lojas, incluindo as de conveniência e supermercados, no país serão solicitadas a cobrar por sacolas plásticas a partir de 1º de julho.

Sacola de plástico e uma eco bag (ilustrativa/PM)

Todas as lojas no Japão, incluindo as de conveniência e supermercados, terão que cobrar pelas sacolas plásticas a partir de quarta-feira (1º) como medida para proteger o meio ambiente.

Contudo, as sacolas plásticas para compras contam por somente 2% de todo o lixo plástico produzido no país.

Enquanto governo espera que a introdução da cobrança encoraje os consumidores a mudarem seus estilos de vida, o desafio vai acelerar a redução na quantidade total de lixo plástico ao utilizar o lançamento dessas taxas como catalisador.

Para introduzir essas taxas, o governo, em dezembro passado, revisou decretos relacionados à lei sobre contêineres e reciclagem, esperando que cada vez mais pessoas levem suas próprias sacolas quando vão às compras.

Mesmo após 1º de julho, as lojas poderão distribuir gratuitamente sacolas plásticas de compras que podem ser usadas várias vezes, assim como aquelas que são decompostas por micro-organismos no mar e aquelas que contêm pelo menos 25% de materiais de biomassa.

Sob diretrizes relacionadas do governo, os estabelecimentos comerciais devem cobrar pelo menos ¥1 por cada sacola plástica.

A introdução do sistema de cobrança obrigatório a nível nacional ocorre em um momento quando lixo plástico marinho está se tornando uma questão global. Muitas áreas em todo o mundo têm visto aves e peixes consumirem plástico por engano ou tal lixo destruir a paisagem costeira.

O mundo está cada vez mais em alerta contra microplásticos

O professor da Universidade de Kyushu, Atsuhiko Isobe, especialista em oceanografia física, alertou que a quantidade de microplásticos será grande o suficiente para afetar a vida marinha nos anos 2060.

Como primeiro passo para liderar o mundo em ações para combater o lixo plástico, o governo decidiu reduzir no país a quantidade de sacolas de compras feitas do material.

O Ministério do Meio Ambiente lançou uma campanha para aumentar de 30% em março para 60% até o fim do ano, a proporção de consumidores que não pegam sacolas de plástico nas lojas.

Mesmo assim, cerca de 9 milhões de toneladas de lixo plástico são produzidas no Japão a cada ano.

O efeito da cobrança por sacolas plásticas em reduzir a quantidade de lixo será limitada, visto que na sociedade há muitos outros itens feitos do material.

“Vamos lançar a cobrança por sacolas plásticas na esperança de conscientizar as pessoas (sobre a gravidade) da questão global”, disse o Ministro do Meio Ambiente Shinjiro Koizumi em uma coletiva de imprensa em 23 de junho.

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top