skip to Main Content
Redução Na Poluição Está Salvando Mais Vidas Que O Coronavírus Mata

Redução na poluição está salvando mais vidas que o Coronavírus mata

Por Giovane Sampaio – Socientifica

A pandemia de coronavírus e as precauções tomadas em relação a ela levaram à suspensão da produção industrial, ou seja, a redução na poluição do ar. Isto implicou uma redução acentuada das emissões nocivas para a atmosfera. Segundo o diretor do Observatório Hugo, François Gemenne, esse efeito pode ser inesperadamente benéfico para a humanidade.

“Por incrível que pareça, acho que o número de mortes devido ao coronavírus pode acabar sendo um mal menor, dadas as [possíveis] mortes por poluição do ar”, diz Gemenne. O cientista que na China mais de um milhão de pessoas morrem todos os anos devido aos efeitos causados ​​pela poluição do ar. Segundo estimativas da OMS, globalmente, esse número chega a sete milhões por ano.

Embora o número de mortos por Covid-19 não possa ser previsto, as previsões mais racionais falam de milhões de vítimas em todo o mundo. A maioria dos especialistas concorda que o “rendimento letal” do coronavírus não será tão grande.

As suposições de Gemenne são apoiadas por outros cientistas. Um estudo do professor Marshall Burke, da Universidade de Stanford, mostra que a redução da poluição atmosférica ao longo de dois meses provavelmente salvou a vida de 4.000 crianças e 73.000 idosos na China.

Redução na poluição está salvando mais vidas que o Coronavírus mata.

China lidera número de mortes por poluição do ar e Coronavírus. (Imagem: Elina Krima/Pexels)

Quais as evidências?

As conclusões de Burke são com base no monitoramento da concentração de PM2,5 em quatro cidades da China. Ele também estudou a estimativa da taxa de mortalidade dos idosos e crianças. “Mesmo com pressupostos conservadores, devido à redução da poluição, cerca de 20 vezes mais vidas foram salvas do que perdidas diretamente devido ao coronavírus”, conclui o cientista.

“O que mais me surpreende é que as medidas que estamos prontos para tomar para combater esse coronavírus são mais sérias do que aquelas que concordamos em tomar para combater as mudanças climáticas ou a poluição atmosférica”, disse ele.

O número de casos confirmados de infecção por coronavírus no mundo é próximo a 170 mil, e número de mortos é de 6.525. O líder no número de mortes ainda é a China (3213 mortes). Na Europa, a situação mais complicado é a da Itália: o número total de mortes neste país atingiu 1809.

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top