skip to Main Content
Semanário FUNVERDE De 17 De Novembro A 23 De Novembro De 2019

Semanário FUNVERDE de 17 de novembro a 23 de novembro de 2019

Para começar nossa semana, no dia 21 de novembro de 2019, estivemos presentes na 10ª Reunião Ordinária do COMDEMA – Conselho de defesa do Meio Ambiente de Maringá, presidida pelo Dr. Luerti, onde foram discutidos vários assuntos relevantes, entre elas, o corte de mais de trinta arvores no parque do ingá sem autorização dos técnicos do SEMA e da SEMUSP.

 

A semana transcorreu sem chuvas e com sol forte, e devido a estes fatores algumas mudas recém-plantadas sentiram a falta de umidade.

Mesmo assim, o Bosque continuou generoso com os transeuntes. Pode-se encher a mão de várias frutas, e de onde vieram estas estão vindo muito mais, pois na planta-mãe de muita espécies pode-se ver flores, frutos pequenos e frutos grandes (quase e já maduros).

Na composição da fotos acima temos acerolas, pitangas e bacuparis.

Além dos prazeres degustativos, temos também uma infinidade de elementos para nosso deleite visual, como pequenos animais e flores (e até os dois juntos!).

Ainda se encontrou cabeludinhas, araçás super-carregados e graviolas de todos os tamanhos.

Na foto abaixo vê-se o encontro de duas espécies de mangueiras carregadas e, logo após, muitas mangas maduras “no toco”. O Valdecir, chegando cedo (muito cedo) no bosque, em uma de suas corridas semanais, encontrou estes frutos super-doces e perfumados que caíram durante a noite – e eram tantas que nem mesmo ele conseguiu comer todas! Assim, deixou parte delas ofertadas no toco para um outro visitante felizardo.

Uma pequena e delicada pitanga quase preta.

Destaque para a acerola que, mesmo caída, continuou alimentando os bichos todos.

Enfim, o Bosque Sensorial Ana Domingues continuou generoso por toda a semana que se passou.

O encontro de todo sábado, como planejado anteriormente, se deu no evento “Saúde e Sustentabilidade” promovido pela IASD – Maringá, tendo como uma de suas coordenadoras a Sra. Bárbara Barros Arco-Verde, e onde o Cláudio participou de uma mesa redonda com vários palestrantes.

Ele apresentou o projeto Bosque sensorial para a plateia, que participou tentando adivinhar o nome das frutas que eram mostradas nos slides. Nosso representante funverdista destacou a beleza de um projeto que transformou um “deserto verde” em um pomar cheio de vida, produzindo alimento, boas sensações, local agradável e uma explosão de vida. Todos concordaram com ele: é um projeto para ser replicado pelo mundo todo!

Assim que o Cláudio terminou sua apresentação, emocionado ao lembrar da Ana, o moderador da mesa redonda, jornalista Diniz Neto, complementou:

“Ana Domingues, uma ambientalista extraordinária, uma mulher que usava uma cadeira de rodas, mas tinha uma agilidade e capacidade de luta maior que muita gente que está bem fisicamente. Ela encarava realmente a questão do meio-ambiente, lutava e criativa também, juntamente com você Cláudio, e com os voluntários da Funverde que estão aqui hoje; lindo trabalho, bosque sensorial, transformou um lugar que não tinha condições de vida nenhuma, não tinha passarinho, não tinha nada, e hoje, olha que maravilha, o bosque habitado, enfim algo… algo realmente maravilhoso!”

Vale a pena destacar o carinho com que o pessoal da Funverde foi recebido no evento – com direito, ao final, de um belo presente para todos os funverdista: belos livros com dedicatória individual! (Além de um coquetel vegetariano como mimo final.)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Back To Top