skip to Main Content

A Braskem e a farsa do plástico verde que contribui para o aumento da fome no planeta

gardawind

Na semana passada fomos bombardeados com a piada do ano, o lançamento do fenomenal, maravilhoso, miraculoso plástico feito de polietileno verde.

A imprensa está anunciando este novo plástico como a salvação do planeta, quando na verdade este plástico é mais um crime contra a humanidade que a brasquem? pratica, este falso plástico verde é mais um produto criado para exaurir os recursos naturais do planeta. A terra fértil, a água limpa e o ar puro, o triângulo de sustentação da vida estão cada vez mais escassos, pois o homem degrada a terra, polui a água e a população do globo aumenta.

Primeiro que de plástico verde não tem nada, é somente a matriz de produção muda, do petróleo para a cana. Agora pense, leitor, se seu carro é movido a gasolina e para cada barril de petróleo refinado há uma sobra de 7% de nafta que se não for transformado em plástico, será queimado na própria refinaria, contribuindo para o efeito estufa, então, para que usar terra fértil e água – que devem ser utilizados unicamente para plantar alimentos para a faminta humanidade – para plantar cana que depois irá ser transformada em plástico?

Não faz o menor sentido, principalmente porque 50% de todo o plástico produzido no mundo corresponde às malditas sacolinhas de uso unico, que serão utilizadas por 30 minutos e depois ficarão 500 anos poluindo o planeta, sendo deixadas de herança para nossos mais longínquos descendentes.

A verdade cristalina sobre este polietileno dito verde é que o polietileno dito verde demora tanto quanto o polietileno feito de petróleo para se degradar.

Resumindo, O POLIETILENO VERDE TAMBÉM DEMORA 500 ANOS PARA SUMIR DA FACE DA TERRA.

É mais uma mentira que nos contam, é mais uma lorota que querem que engulamos sem pensar, usam a proteção ambiental como uma cortina de fumaça para nos confundir. Googleie as palavras braskem + polietileno verde e verá que eles não dizem que dura 500 anos, dizem que é ambientalmente correto, enfim, a cada discurso que a brasquem? faz, o presidente enrola um pouquinho para não dizer a verdade nua e crua, a verdade é que o polietileno verde é mais um fator de aumento da fome no planeta.

Para você ver por entre a cortina de mentira, em uma matéria o presidente da brasquem? faz um monte de elogios ao seu polietileno superhiperultrapoderoso e depois vem com a frase “O plástico tradicional, que tem o petróleo como matéria-prima, leva mais de 200 anos para ser absorvido.” (DCI) mas não fala que o plástico da brasquem? dura o mesmo tanto, que na verdade é mais de 500 anos.

(DCI) “A empreitada demandará investimentos de R$ 500 milhões para produzir 200 mil toneladas de polietileno, e para alcançar esse nível precisará de 400 milhões de litros de álcool.” Pois é, usando o álcool que hoje é utilizado nos carros para fabricar plástico, isso é uma piada de muito mal gosto. Enquanto existir o petróleo, não há razão de existir o plástico dito verde, que de verde não tem nada, tem a cor do deserto, que é no que irá se transformar o terreno em que estão plantando plástico de cana.

(DCI) “Atividade que será facilitada pelo novo zoneamento agrícola planta no Rio Grande do Sul, divulgado na semana passada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.” Então quer dizer que também, já de caso pensado, influenciaram a mudança no zoneamento agrícola do RS para poder desertificar ainda mais aquele estado e ganhar bilhões por ano, eita capitalismo selvagem, que não pensa que a terra que se usa hoje é um empréstimo que fazemos dos futuros habitantes deste planeta.

(O Eco ) “plásticos a partir da cana-de-açúcar, um material totalmente biodegradável que pode se decompor na natureza um ano depois de descartado. O plástico tradicional, que tem o petróleo como matéria-prima, leva mais de 200 anos para degradar-se completamente.” Mentira, mentira mentira, esse plástico dito verde demora o mesmo tanto que o plástico fabricado a partir do petróleo, isto é, mais de 500 anos.

(O Eco ) “O consumo de plásticos provenientes de todas as origens chega a 200 milhões de toneladas ao ano, de acordo com ele.” Esse número está completamente errado, muito abaixo do número real. Sempre minimizam este número para não saibamos a contaminação que o plástico causa ao planeta, para que não descubramos que estamos plastificando o planeta e que nossos descendentes provavelmente serão soterrados pelo plastico eterno.

(O Eco ) “O plástico biodegradável libera gás carbônico e água quando se decompõe e não libera substâncias tóxicas.” Tem alguma coisa errada, estão querendo nos confundir com plástico biodegradável, coisa que o polietileno de cana não é, é só uma mudança na matriz de produção, do petróleo para a cana.

(Correio do Povo) “Mas o polietileno verde não é biodegradável na natureza.” Ahá, agora sim, neste jornal eles disseram a verdade, este plástico também é eterno.

A cada dia inventam uma bobagem, cometem mais um crime ambiental, a cada dia as empresas inescrupulosas inventam mais um jeito de destruir o planeta, porque estão somente atrás do lucro fácil, não se importando o quanto poluam o ar, destruam a fertilidade do solo ou contaminem a água.

Este Post tem 7 Comentários
  1. INVESTIR EM PROPAGANDAS QUE ESTIMULEM AS PESSOAS A SE BENEFICIAREM CADA VEZ MAIS DAS ENTREGAS Á DOMICÍLIO,ONDE AS MERCADORIAS NÃO SÃO ENVIADAS EM SACOLINHAS.ESTA CONCIENTIZAÇÃO DEVE SER TAMBÉM DAS EMPRESAS ONDE AS “MALDITAS” SACOLINHAS SÃO UTILIZADAS.

  2. As “ECOBAGS” estão aí, e estão para ficar. Já há supermercados dando descontos para quem utiliza a sacola reutilizável em detrimento da sacola plástica. Além de poupar o uso de sacolas plásticas, a ECOBAG ainda tem a praticidade de comportar mais itens e é muito mais fácil de carregar – em vez de transportar cinco sacolas, usa-se uma só!
    A respeito da instalação da planta no RS, é uma questão estratégica da empresa, que incorporou parte do Pólo de Triunfo ao grupo no início das articulações para produção do “Ete(r)no” Verde. Instalar a planta no Sul é uma forma de valorizar aquele pólo dentro da empresa e ao mesmo tempo fortalecer a cultura do grupo entre os gaúchos.
    A respeito do produto, é importante ressaltar que a matéria prima para produção do plástico – o polietileno – é simplesmente a mesma cadeia de dois carbonos com insaturação. A diferença é que em vez de gerar como produtos Eteno + H2, gera-se Eteno + água. Ou seja, o processo para geração do eteno – matéria-prima da industria de polimerização – é mais limpo, gera menos impacto. O que precisa ficar mais claro nos discursos é que o plástico, em si, tem as mesmas características, mas o processo da primeira geração é menos agressivo ao ambiente.
    Algumas referências interessantes:
    http://www.editoravalete.com.br/site_petroquimica/edicoes/ed_304/304_art.html
    http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=010125070627
    http://www.patentesonline.com.br/processo-para-producao-de-eteno-a-partir-de-alcool-etilico-137821.html
    Cristina
    Engenheira Química

  3. SOLUÇÕES,PORQUE NÃO CRIAR UM KIT ECOLOGICO,COM SACOLAS NÃO DESCARTAVEIS DE MERCADOS , ACABAR COM COPOS DESCARTAVÉIS , CRIAR E INCENTIVAR QUE CADA PESSOA CARREGUE SEU COPO PARA TOMAR CAFÉ, AGUA ETC.., É UM ABSURDO A UTILIZAÇÃO DE UMA UNICA VEZ DE COPOS DE PLASTICOS , E ESTE DEMOREM 200 ANOS PARA DEGRADAR O MESMO PARA AS SACOLA PLASTICAS.ISTO REQUER NÃO SÓ AÇÃO DOS GOVERNOS MAS TAMBÉM DE NOS.ACABAR COM OS ENLATADOS E CRIAR OS ËNVIDRADOS ¨, ISTO É SUBSTITUIR POR EMBALAGENS DE VIDRO, COMO ERA A ANOS ATRAS NA COMPRA DE BEBIDA VC TINHA QUE LEVAR O VASILHAME.

  4. acho que so a concientizaçao nao funciona; ate hj as pessoas com consciencia ecologica sao minoria. basta ver as ruas com poluição aparente. parece que somente quando as coisas viram lei e as pessoas sentem no bolso e que as coisas funcionam.

  5. Bem se um dia o petroleo acabar seria um jeito de se fazer o plastico , mais não biodegradevel , então não muda em nada o problema,
    o pior é o governo q não ajuda em nada , pra coibir o uso , , principalmente , de produtos que era ema latas e vidros passaram a ser de potes de plastico , isso é triste, um dia o honen vai chorar, e ja chora pelo q ja acontece

  6. Propaganda para conscientizar? não me faz rir assim é ver essas fortunas q gastam em propaganda de cigarro e bebida, eu não consigo mais ouvir a coisa ridicula q é dizerem, beba com moderação, cara isso me irrita de uma forma, porque aqui na minha cidade ao passar em frente dos 24hs vejo centenas de motoristas saindo com um copo ou uma garrafa ou mesmo uma latinha dirigindo como se nunca tivesse ouvido a maldita propaganda, e pra terminar ainda acende o maldito cigarro pra terminar com a palhaçada q é gasto para dizer a quem ta pouco se lixando q isso faz mal, ou q a bebida é um ou o maior problema no trânsito, proíbe saco plastico e pronto o ser humano da um jeito em dois toques

Deixe uma resposta

Back To Top