skip to Main Content

Assine o manifesto contra as mudanças no Código Florestal

Os ruralistas estão desesperados para aprovar as alterações ao Código Florestal como medida de urgência. Se conseguirem isso, vão votar ainda esse ano essas alterações.

Agora ficou fácil, pois políticos ambientalistas estão na COP16 e não estarão presentes para votar contra.

A FUNVERDE, em parceria com a ONG Chauá está apoiando o manifesto para sensibilizar os políticos para não destruirem o que sobrou dos biomas do Brasil.

Clique aqui para assinar o manifesto contra as mudanças no Código Florestal.

Escolha um número considerável de deputados e envie recados de indiganação e protesto contra os ruralistas e a proposta descabida de alterar o Código Florestal.

Twittem para Deputados e senadores mensagens de indignação.

Abaixo segue um exemplo de e-mail que você pode enviar:

Prezado Deputado,

Assunto: CONTRA a Aprovação do Substitutivo de PL n°1.876/99

Exmo(a). Sr(a),

Através deste, manifesto total indignação e discordância ao Substitutivo de Projeto de Lei n° 1.876/99 – que propõe novo texto e revoga a Lei n°4.771/65, do Código Florestal em vigência -, cuja aprovação resultará em danos irreparáveis aos ambientes naturais e à qualidade de vida da população.

O referido substitutivo transgride o disposto no caput do art. 225 da Constituição Federal, atenta contra a Política Nacional do Meio Ambiente e contraria o compromisso firmado pelo Brasil durante a 15ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima – COP15-dez/2009 – em Copenhague, impossibilitando que a meta de redução de emissões seja atingida.

Ante o exposto, convoco vossa excelência a VOTAR CONTRA a aprovação do Substitutivo de Projeto de Lei n°1.876/99, assim como a qualquer alteração que remova ou reduza os níveis de proteção atualmente estabelecidos pelo Código Florestal e legislação complementar, atualmente vigentes.

Na página da ONG Chauá você pode analisar um manifesto com mais de 2.000 pessoas e entidades do Brasil inteiro se manifestando contrárias as alterações ao Código Florestal.

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top