skip to Main Content

Aquecimento global pode ser irreversível em 10 anos

by 800ASAS

Por Sabrina Domingos, do Carbono Brasil

Um cientista da Nasa alertou que a poluição aumentou tanto que, a menos que haja cortes drásticos na próxima década, será difícil reverter os efeitos do aquecimento global.

Jim Hansen, diretor do instituto para estudos do espaço da Nasa, localizado em Nova York, diz que a situação pode chegar a um ponto de o Ártico não ter mais gelo. Isso significa, em outras palavras, grande elevação no nível do mar e extinção de muitas espécies, explica.

Hansen lembra que metade da população do planeta vive a menos de 15 milhas da costa e que muitas das grandes cidades são costeiras. “Uma vez que o processo se inicia e continua no mesmo ritmo, é impossível de prevenir o que ocorra. É por isso que devemos lidar com a situação antes que ela fique fora de controle. Só não podemos simplesmente queimar combustíveis fosseis”, alerta.

“Se fizermos isso, teremos um planeta sem nenhum gelo no Ártico e onde o aquecimento será tão grande que trará fortes efeitos para a elevação dos níveis dos oceanos e para a extinção das espécies”. O cientista admite que, se formos mais 10 anos no ritmo atual de crescimento de emissões de CO2 na atmosfera, em 2015 as emissões serão 35% maiores do que no ano 2000.

“Mas, se quisermos alcançar um cenário que mantenha a temperatura global no nível em que esteve nos últimos milhões de anos, nós precisaríamos reduzir as emissões em torno de 25%”, adverte.

O cientista chefe da Grã-retanha, Sir David King, adicionou: “Precisamos lembrar que ações são alcançáveis; falta de ação, não. Apenas chefes de estados trabalhando juntos podem conseguir um novo nível de liderança global de que precisamos”.

Traduzido do Daily India (Envolverde/Carbono Brasil)

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top