skip to Main Content

Projeto Canto das ervas – domingo, 11 de abril de 2010

Semana passada, no dia 04 de abril não plantamos nada por causa do feriado de páscoa que paralisou o país desde quinta-feira.

Hoje fizemos a limpeza nos canteiros do Bosque II, plantados em 2009 retirando muita tiririca – uma espécie de grama que invade tudo – e uma planta rasteira que também toma todo o espaço matando as ervas.

Replantamos algumas ervas que morreram, retirando mudas do próprio canteiro, raleando um pouco esses canteiros.

Sobre este dia alguns fatos interessantes. O presidente da FUNVERDE encontrou um amigo – mui amigo – no meio da semana e este muito irritado cobrou a manutenção nos canteiros do Bosque II, que estavam horríveis, completamente abandonados. Como o presidente é sangue bom, levou na esportiva e disse que já estava programada a manutenção nestes canteiros – e estava mesmo, desde antes da páscoa – e claro, convidou o reclamão para dar ajudar na manutenção. Este, depois de uma pausa – vai ver se arrependeu da reclamação – disse que certamente estaria no local no domingo, que podíamos contar com a ajuda dele.

Bem, bão, pois estamos até hoje esperando pelo humano do Século XX, aquele que reclama do tempo, do governo, do mundo, mas fica de bunda pregada no sofá assistindo novela, futebol com seu copo de cerveja na mão e só reclamando sem agir para resolver o problema que gerou a reclamação. Agir é para humanos do Século XXI, isto é, detectar o problema, encontrar a solução e aplicar a solução através de projetos, sem esperar que outro resolva o problema.

Esquecemos de tirar a foto do antes para você ver o tamanho do capinzal.

DDSC5951

DDSC5953

Deste lado da santa bárbara – fizemos o canteiro em volta da uma frondosa santa bárbara – fora o boldo do chile, morreu todo o resto do que foi plantado.

Então pegamos algumas mudas de arnica – a arnica está na terceira geração, pois cai a semente e nasce um monte mais delas – e transplantou para o lado esquerdo da árvore.

DDSC5954

DDSC5957

Hoje os estagiários fizeram greve pelo jeito, não veio ninguém, o que significa mais trabalho por pessoa. Garotada, esperem pela semana que vem, porque o monitor de estágio vai disparar bronca para todos os lados.

DDSC5959

DDSC5963

Nesta foto dá para ver que o povo já estava cansado. Olhe o matagal que estava o local.

DDSC5965

O material orgânico é roçado e jogado para dentro da cerca, para se tornar adubo.

DDSC5972

Até que o Charles derrubou o balde para dentro da cerca. Abaixo, o resgate do balde.

DDSC5969

O balde resgatado. Desculpe Charles, perdemos o amigo, mas nunca a piada.

DDSC5970

Depois de carpido todo o mato e rastelado, agora é hora de fazer os buracos para plantar novas ervas.

 

DDSC5971

DDSC5977

Retirando as mudas para plantio.

DDSC5981 

Esta muda é de hortelã pimenta.

DDSC5979

DDSC5985

DDSC5986

DDSC5990

DDSC5992

Veja o tamanho da moita de boldo do chile.

DDSC5995

A arnica também está enorme.

DDSC5996

Se você prestou atenção, viu que nos dividimos em dois grupos, um do lado esquerdo da santa bárbara e outro do lado direito.

Quando o pessoal terminou o plantio do lado direito, foram com baldes para trazer água e regar as plantas. Tudo certo, até que voltaram e alguém que não foi buscar água e que estava do lado esquerdo do plantio rastelando e jogando a grama arrancada dentro bosque teve uma inspiração. Poxa, o povo esqueceu de jogar este monte de mato fora – o mato em questão era tudo que tinha sido plantado do lado direito da santa bárbara.

Resultado, rastelou tudo e já estava indo jogar dentro do bosque as mudas quando o pessoal avisou que aquilo não era mato e sim as ervas. Hahaha. Só que quem plantou não tinha experiência em plantio, são voluntários novos.

Daí chegou o Cido, o nosso jardineiro mor e viu que tinha sido tudo plantado na superfície, que uma simples chuva levaria tudo.

Resultado, arrancou todas as plantas – coitadas – novamente, refez os buracos e pela terceria e definitiva vez replantou as mudas de ervas medicinais.

Coitado do voluntário – não vou citar o nome porque ele ficou muito chateado -, o pessoal só ria dele, mas no fim ficou tudo certo e as ervas foram plantadas e regadas e logo estarão vigorosas, prontas para serem colhidas pela população para fazer chá.

As pessoas tem que aprender que merdas acontecem, é assim mesmo, mas tudo deve ser levado na esportiva, afinal estamos desenvolvendo o projeto canto das ervas e todos os outros projetos na FUNVERDE por amor e para se divertir, relaxar, esquecer o estresse do dia a dia. E, no final, tudo acaba bem.

O terceiro replantio das mesmas ervas abaixo.

DDSC6016

DDSC6018

DDSC5999

DDSC6012

DDSC6002

DDSC6001

Depois de aguar, adubando com terra vegetal.

DDSC6003

DDSC6014

DDSC6020

Quer ver mais fotos? Estão todas no flickr.

Quer passar algumas horas se divertindo? Junte-se a nós, todos os domingos a partir das nove horas da manhã.

Este Post tem 0 Comentários

Deixe uma resposta

Back To Top